Aos 103 anos, idosa nos EUA consegue finalmente concluir o ensino médio

Voltar para a escola é uma ótima ideia, mesmo que você leve quase um século para que isso aconteça.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Marie Hunt, de Spring Green, Wisconsin, nos EUA,  ganhou seu diploma do ensino médio 87 anos depois que ela originalmente deveria ter se formado, com a tenra idade de 103 anos.

Marie teve que abandonar a escola em 1928, depois da 8ª série, porque não conseguia mais ir ao colégio. Ela ajudou seus oito irmãos e irmãs a conseguirem estudar, em vez dela. Mas, décadas depois, quando a oportunidade veio à sua frente, ela tratou de agarrá-la. Ah, ela não revela quem será seu par no seu baile de formatura.

idosa idosa2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agora, a formanda diz estar considerando fazer uma faculdade, mas ela não tem a mínima pressa de escolher o curso (nada como a experiência de vida para não tomar decisões precipitadas, né?)

Com informações do Mashable

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mães da Sé propõe novo movimento para #10yearchallenge

A ONG Mães da Sé lança um novo desafio: o #XXyearchallenge, o desafio para encontrar pessoas desaparecidas.

Mesmo depois de ficar cega, ela superou limites e tornou-se professora

Ela poderia ser mais uma a reclamar da vida, mas não é! Cega aos treze anos, Ethel não se abateu e continuou em busca dos...

Serviço de assinatura de fraldas biodegradáveis oferece descarte sustentável

Em seus primeiros 60 dias de vida, um bebê utiliza, em média, 8 fraldas por dia (240 por mês!), número que vai se reduzindo...

Brasileiro vai ao Iraque oferecer atividades para crianças vítimas da guerra

Reinaldo faz parte de uma equipe de voluntários internacional de educadores sociais que trabalham com crianças e jovens que vivem em áreas de guerra.

Em momento de desespero, enfermeira inventa “técnica da mãozinha” e conforta paciente com Covid-19

"Pensa que você está segurando na mão de Deus". Foi com essas palavras que a enfermeira Lidiane Melo, de 37 anos, pediu para uma...

Instagram