Aos 50 anos e cega, Laura B. Justino ignora “limites” e vira atleta de fisiculturismo [VÍDEO]

Avisa que é ela! Quando você acha que é tarde demais para alcançar o que almeja, a vida vem e te faz repensar com histórias como a da Laura B. Justino, deficiente visual e atleta de fisiculturismo aos 50 anos.

Para Laura, de Tubarão (SC), a idade é apenas um número. Não diz sobre o que você pode, ou não, fazer. Ela se desafiou quando muitos duvidavam que ela não seria capaz.

Laura está concorrendo na categoria Mulher, do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

“Aos 50 anos, eu me desafiei a competir com meninas de 35 anos. Então, pra mim, a idade não é limite nenhum. Não importa se tu passou dos 50 anos. Se a pessoa quiser, com certeza ela consegue”, diz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

atletas de fisiculturismo se apresentam em competição
Nos torneios de fisiculturismo, Laura compete com mulheres até 15 anos mais novas. Foto: reprodução/Instagram @laurabopprejustino

Primeiro, Laura perdeu a visão do olho esquerdo. Ela tinha por volta de 26, 27 anos de idade. Operou o olho, mas o problema persistiu. Naquela época, a anomalia congênita era desconhecida para a Medicina. Só depois de uma série de exames é que Laura recebeu o diagnóstico definitivo.

Laura está concorrendo na categoria Mulher, do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

Foram dois anos para se acostumar e enxergar somente com o olho direito. Laura fazia suas atividades normalmente, até que, aos 46 anos, notou que andava tropeçando, eventualmente, caindo… Em uma consulta de rotina com seu oftalmologista, descobriu que tinha Retinose Pigmentar, uma doença ocular rara.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O mundo desabou para Laura quando o médico disse que ela poderia ficar cega. Ela, então, fez uma pergunta ao médico e a resposta que ouviu serviu de start para pisar fundo no acelerador em busca da sua felicidade.

Confira a história completa no vídeo abaixo:

Curtiu o vídeo? Siga @originalrazoes para assistir a todos os vídeos originais do Razões!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aos 50 anos e cega, Laura B. Justino ignora “limites” e vira atleta de fisiculturismo [VÍDEO] 3

Relacionados

Técnico em radioterapia cria máscaras lúdicas para amenizar a dor de crianças com câncer em hospital de SP

O técnico tecnólogo em radioterapia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Robson Luiz de Souza, cria máscaras lúdicas para aliviar...

Militar larga a farda para se tornar manicure e construir parceria de sucesso com a esposa (RJ)

Michael de Souza trocou o quartel pelo salão. Após seis anos servindo às Forças Armadas, o ex-militar se jogou na profissão de manicure para...

+ DO CANAL

Prêmio Razões 2022: veja a lista completa dos vencedores da premiação!

Enfim, o grande dia chegou e foi emocionante, como todos nós esperávamos que fosse! 🤧 Na noite desta segunda-feira...

Confira todos os indicados ao Prêmio Razões Para Acreditar 2022 – e vote muito!

Olha quem voltou! Sejam todos muito bem-vindos ao Prêmio Razões 2022! No dia 19 de dezembro, iremos celebrar, reconhecer e premiar pessoas comuns que...

Militar larga a farda para se tornar manicure e construir parceria de sucesso com a esposa (RJ)

Michael de Souza trocou o quartel pelo salão. Após seis anos servindo às Forças Armadas, o ex-militar se jogou na profissão de manicure para...

Paranaense cria ‘ecobarreira’ para retirar lixo do rio onde aprendeu a nadar na infância

O rio Atuba passa nos fundos da casa do vendedor Diego Saldanha, 33 anos, morador de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, e foi...

Filho que perdeu a mãe para o câncer cria app para ajudar pessoas com a doença

Essa é uma história que nasce da saudade e do amor e da capacidade de transformar a dor em doação. César Filho, como bom...