Aos 67 anos, este homem transformou 30 hectares de deserto em terras cultiváveis

Em 1974, Yacouba Sawadogo viu a seca assolar o Sahel, a zona ecoclimática e biogeográfica de transição entre o norte do deserto do Saara e o sul da savana sudanesa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde então, o agricultor reviveu uma antiga técnica de cultivo que melhora a qualidade do solo, tornando terras desérticas em férteis.

Denominada ZAi, o método consiste em cavar regos de uns 20 cm em que se deposita esterco e composto ao lado das sementes. Após as primeiras chuvas, o rendimento da terra chega a multiplicar-se por quatro.

Junto com as sementes de milho e sorgo, começaram a crescer árvores.

Em Quahigouya, Capital de Yatenga, no Norte de Burkina Fazo, Sawadogo criou em 20 anos um bosque de 20 hectares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enquanto as pessoas abandonavam suas casas e suas terras, ele seguia buscando melhorar a região e repovoar com árvores Gourga.

Na época, o consideraram louco, mas, 40 anos depois, ele já tornou as férteis e próprias para cultivo mais de 3 milhões de hectares de terras desérticas em 8 países do Sahel.

Montado em sua moto, também percorreu o país para ensinar a técnica para outros agricultores que ainda viviam por lá. Hoje, aos 67 anos, o consideram um herói.

Abaixo, você pode ver o documentário “O homem que deteve o deserto”, de 2010, do cineasta Mark Dodd.

“Se cortamos 10 árvores diariamente e não plantamos uma só em um ano, vamos caminhar direto para a destruição”, diz sabiamente Sawadogo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Paisagismo Digital

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,850,069SeguidoresSeguir
24,964SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Livro explica direitos humanos de forma inovadora e gera doações para projeto social

Livres e Iguais! é um livro para celebrar a Declaração Universal dos Direitos Humanos. No lugar das páginas tradicionais, o livro traz 30 cartões-postais...

Projeto transforma caligrafia de sem-tetos em fontes para serem comercializadas

Quando você passa por um morador de rua na calçada segurando um cartaz de papelão, você pode ver um rosto anônimo lutando para sobreviver....

Fotógrafa faz projeto pessoal retratando “as mulheres que eu gostaria de ser”

Mulheres do universo das artes e do esporte, como as cantoras Nina Simone, Elis Regina, Elza Soares, a jogadora de de futebol Marta e a escritora Clarice Lispector, que empoderam outras mulheres com suas histórias de vida.

Pai cadeirante entra na igreja andando com a filha e nos mostra do que o amor é capaz

“Papai é cadeirante e ele tá ensaiando pra entrar andando. Então na hora que eu chegar na igreja ele vai levantar da cadeira e vai...

Bebê nasce durante voo e ganha viagens de graça pelo resto da vida

Um bebê que nasceu no último dia 17, já chegou recebendo um presente que ele, provavelmente, vai agradecer pelo resto da vida: passagens aéreas...

Instagram

Aos 67 anos, este homem transformou 30 hectares de deserto em terras cultiváveis 4