Aos 67 anos, este homem transformou 30 hectares de deserto em terras cultiváveis

Em 1974, Yacouba Sawadogo viu a seca assolar o Sahel, a zona ecoclimática e biogeográfica de transição entre o norte do deserto do Saara e o sul da savana sudanesa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde então, o agricultor reviveu uma antiga técnica de cultivo que melhora a qualidade do solo, tornando terras desérticas em férteis.

Denominada ZAi, o método consiste em cavar regos de uns 20 cm em que se deposita esterco e composto ao lado das sementes. Após as primeiras chuvas, o rendimento da terra chega a multiplicar-se por quatro.

Junto com as sementes de milho e sorgo, começaram a crescer árvores.

Em Quahigouya, Capital de Yatenga, no Norte de Burkina Fazo, Sawadogo criou em 20 anos um bosque de 20 hectares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enquanto as pessoas abandonavam suas casas e suas terras, ele seguia buscando melhorar a região e repovoar com árvores Gourga.

Na época, o consideraram louco, mas, 40 anos depois, ele já tornou as férteis e próprias para cultivo mais de 3 milhões de hectares de terras desérticas em 8 países do Sahel.

Montado em sua moto, também percorreu o país para ensinar a técnica para outros agricultores que ainda viviam por lá. Hoje, aos 67 anos, o consideram um herói.

Abaixo, você pode ver o documentário “O homem que deteve o deserto”, de 2010, do cineasta Mark Dodd.

“Se cortamos 10 árvores diariamente e não plantamos uma só em um ano, vamos caminhar direto para a destruição”, diz sabiamente Sawadogo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Paisagismo Digital

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,811,797SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Irmãos com câncer de pele grave ganham vaquinha para tratamento e compra de medicamentos

Julimar e Juliana são dois irmãos que moram em Goiás. Desde muito pequenos, por volta dos 4 anos, a doença se manifestou neles. Eles...

Detentos produzem 200 mil peças de eletroeletrônica em presídio

Os detentos conseguem remissão da pena, aprendem uma nova profissão e ganham salário para ajudar a família, no Presídio de Santa Rita do Sapucaí.

Queniano transforma lixão em jardim público: ‘As pessoas merecem uma área verde e limpa’

Um terreno baldio utilizado por mais de 10 anos como local de despejo de lixo em Nairóbi, no Quênia, foi completamente transformado pela ação...

Juntos há mais de 5 décadas, este casal adotou e cuidou de 100 adolescentes por 30 anos

Durante 30 de seus 56 anos juntos, o casal Ann Hill, 78, e Al Hill, 79, adotou cerca de 100 meninas, a maioria adolescente....

Pai cria app para ajudar filho autista e outras pessoas com autismo a se comunicarem

O Wagner Yamuto, 43 anos, é CEO do Matraquinha, aplicativo de comunicação alternativa para ajudar crianças e adolescentes com autismo. O projeto foi idealizado...

Instagram

Aos 67 anos, este homem transformou 30 hectares de deserto em terras cultiváveis 2