10 formas de ajudar as vítimas do ciclone Idai em Moçambique, no Zimbábue e Malauí

Agora é o momento de ajudar os sobreviventes, e você pode fazer isso sem sair de casa!


10 formas ajudar vítimas ciclone Idai
PUBLICIDADE ANUNCIE

O ciclone Idai deixou centenas de mortos e feridos em Moçambique, no Zimbábue e no Malauí. A Unicef estima que 1 milhão de crianças foram atingidas pelo ciclone no sudeste africano. Agora é o momento de ajudar os sobreviventes, e você pode fazer isso sem sair de casa!

Diversas organizações internacionais e entidades filantrópicas estão mobilizadas para ajudar as vítimas de alguma maneira. Confira quem são e como ajudá-las:

1. ONU

A Organização das Nações Unidas coordena equipes de apoio através do Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA). O site da entidade aceita doações para fornecer alimentos, medicamentos e abrigo nos três países atingidos.

2. Doe alimentos

O Programa Mundial de Alimentos (PMA), uma das agências da ONU, também atua na região. Você pode ajudar com a doação de alimentos através do site da organização.

3. Unicef

O Fundo das Nações Unidas para a Infância abriu um canal direto para doações em Moçambique, no Zimbábue e no Malauí.

4. Médicos sem Fronteiras

Com a ajuda de doações, a organização humanitária consegue arcar com equipamentos como filtro de transfusão, soro e purificadores de água.

5. Caritas

A organização católica internacional aceita doações de qualquer valor pela internet para comprar alimentos, medicamentos e outros itens de ajuda humanitária.

6. Doe água e kits de higiene

As necessidades mais imediatas neste momento incluem água e kits de higiene. O fundo de emergência ActionAid recebe doações em dinheiro para comprar esses e outros itens emergenciais. O valor mínimo é de 35 reais.

PUBLICIDADE ANUNCIE
7. Oxfam

A Oxfam, entidade internacional de combate à pobreza, também está na região afetada para garantir aos sobreviventes da catástrofe acesso à água potável e comida.

8. Save The Children

A organização que ajuda crianças pelo mundo coleta doações para minimizar os estragos causados pelo ciclone Idai.

9. SOS Children’s Villages

A entidade que também ajuda crianças e comunidades atingidas por catástrofes está em campanha para arrecadar doações e oferecer cuidados na região.

10. ASEM Mozambique

A organização filantrópica pede ajuda para reparar os danos causados pelo ciclone na região de Beira.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Informações do G1 e HuffPost Brasil / Foto de capa: Via

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar