Após 41 anos, bebê roubado em ditadura encontra mãe

Clique e ouça:

Travis Tolliver foi separado da mãe assim que nasceu, no Chile, 41 anos atrás. Os médicos disseram para a mãe, Nelly Reys, com 19 anos na época, que o bebê havia nascido morto por causa de um problema no coração.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, como tantas outras crianças, Tolliver foi vendido para uma família estrangeira. A prática era comum durante a ditadura no Chile. Essas crianças ficaram conhecidas como “os filhos do silêncio”.

Tolliver cresceu em Tacoma, Washington, nos Estados Unidos, e sabia que era filho adotivo, mas não sabia que tinha sido roubado dos braços da mãe. Tolliver revela até hoje sofrer de “problemas de abandono”.

Ele só descobriu o paradeiro da sua mãe biológica porque o nome dela constava na sua certidão de nascimento original.

Mãe e filho se reencontram em maio deste ano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu não sei como me sinto. É uma loucura! Eu não achava que isso poderia acontecer. Você sabe, eu não tinha sido dado voluntariamente como acreditei durante todos estes anos. Isso faz o meu coração se sentir maravilhosamente, reconciliado com isso. Tudo isso parece irreal”, disse Tolliver.

“Eu o abraçarei todos os dias. Eu o amo muito”, disse a mãe, Nelly Reys, de 61 anos.

Ela tem cozinhado todos os dias para o filho e se esforça para que ele se sinta em casa, com um detalhe: Tolliver não fala espanhol e Reys não fala inglês.

Fonte:Só Notícia Boa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,027,174FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
12,021SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram