Após mais de ano internada, menina de 5 anos com leucemia realiza sonho de se formar na pré-escola

Kauana Rossetto Santos Trindade, de apenas 5 anos, foi diagnosticada com leucemia em 2014.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A família de Ponte Serrada, no oeste catarinense, viu então sua caçula que era extremamente ativa e brincalhona, se tornar uma criança abatida, que sentia muitas dores e nem mais nas aulas queria ir.

“Sempre a levamos ao pediatra, mas quando percebemos que até as brincadeiras e a escola eram um sacrifício para ela, enxergamos que havia algum problema”, comenta a mãe Marizane Aparecida Rossetto Trindade.

Encaminhada pelos médicos para se tratar em Joinville, começaram as diversas internações que se seguiriam. A pequena chegou a ficar 28 dias diretos internada, sempre com sua mãe ao lado. “Os médicos nos encaminharam para cá, porque além das vagas disponíveis, o hospital é referência no estado”, destaca a mãe.

“Explicamos para ela sobre a doença e ela nunca se deixou abater. Ela é uma guerreira. Tão pequena e se manteve firme durante todo o tratamento”, destaca a mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após quase um ano, Kauana vai finalmente deixar o hospital, mas ainda segue em tratamento por mais um ano e meio, período chamado de manutenção, onde precisa retornar uma vez por semana ao hospital para acompanhamento.

Porém, antes de ir, toda a equipe resolveu realizar o grande sonho dela, que foi revelado a eles pela menina logo no primeiro dia de internação: uma formatura de pré-escola.

“Ela já pedia desde o ano passado a formatura de presente de natal”, comenta a mãe.

Mesmo internada, ela não deixou de estudar e a psicopedagoga Patrícia Vieira trabalhou com Kauana durante todo esse tempo, tudo para ganhar seu diploma.

Ela se arrumou toda para o grande dia e, finalmente, assinou e recebeu seu sonhado diploma, o seu sonho se realizou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ela nos deixou uma lição muito importante: a vida é uma só, se não soubermos aproveitar e batalhar por nós mesmos, não tem como voltar atrás”, ressalta a psicopedagoga.

Leia também: Pedimos para crianças escreverem sobre seu futuro, o resultado foi muito além do que imaginávamos

Fonte: ND Online

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,277,197SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Presente de ano novo: médico perdoa a dívida de 200 pacientes com câncer

Cerca de 200 pacientes de oncologia da Arkansas Cancer Clinic começaram 2021 com um super presente: todos os seus débitos com tratamentos para câncer...

Crianças choram no mercado e são acalmadas por um anjo, diz mãe

A professora Rebecca Paterson é mãe de duas crianças, um menino de 2 anos e um bebê de 2 meses. Era uma tarde de...

Creche aposta em brincadeiras antigas como ferramenta para o desenvolvimento infantil

(Por Laura Gonçalves Sucena) Brincar de passa anel, elástico, roda, amarelinha e corda. As brincadeiras antigas foram resgatadas e ganharam destaque na creche Bento Quirino...

Quem são e o que pensam as mulheres da 3ª Marcha do Orgulho Crespo de São Paulo

“Eu, mulher negra, resisto” foi um dos gritos que ecoaram pelas ruas de São Paulo no último sábado (5), durante a 3ª Marcha do...

Imagens hipnotizantes mostram a leveza de bailarinos em cenários de Nova Iorque

Nascido em Porto Rico, mas vivendo atualmente em Nova Iorque, o fotógrafo Omar Z. Robles juntou cenários do dia a dia da cidade com...

Instagram

Após mais de ano internada, menina de 5 anos com leucemia realiza sonho de se formar na pré-escola 3