Após receber ajuda de desconhecida para pagar o Enem, menino retribui com doação para cestas básicas

Mais uma história incrível que começou pelo Razões! Foi assim com a Luísa Vissotto que, um tempinho atrás, pagou a inscrição do Enem de um garoto desconhecido. Recentemente, ela se surpreendeu: o mesmo garoto fez uma doação para ajudá-la com um lindo projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Luísa, junto de seus amigos, sai por aí para aquecer corações, ter boas conversas e espalhar amor àqueles que vivem em situação de rua. Assim, nasceu o projeto “Da Rua”. Eles arrecadam dinheiro para comprar cestas básicas para famílias carentes.

Um dia, a partir de um post do Razões, ela encontrou um grupo que conectava pessoas que precisavam de ajuda para pagar o Enem com aqueles que poderiam contribuir de alguma forma. Imediatamente, ela entrou em contato com um dos garotos e pagou sua inscrição.

Um tempo depois, ela postou um vídeo em seu Instagram pessoal pedindo doações para a compra de cestas básicas. E adivinha: o o próprio fez uma doação para o projeto de Luísa! 🥰

Ela fez questão de compartilhar a história com a gente. Confere só!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Tudo que vai, volta pra você.”

E é claro que a Luísa não conteve a emoção, e nem a gente! Apesar das dificuldades, o garoto fez questão de ajudar quem mais precisava naquele momento. Isso sim é se doar por completo e pelo próximo. Lindo de ver 💜

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Quer conhecer mais uma história inspiradora? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pediram para esse garoto jogar água em um mendigo e olha só o que ele fez

O pequeno Isaac Guedes Moura, de apenas 7 anos, é um dos youtubers mirins mais famosos do Brasil, onde ele é mais conhecido como Isaac...

Molde permite corrigir corrigir orelha com alguma deformidade nos primeiros dias de vida do bebê

Se colocado na orelha do bebê nas 3 primeiras semanas de vida, a taxa de sucesso é de 90%.

Francês desenvolve iglu térmico para que pessoas em situação de rua se protejam no inverno

De acordo com pesquisa realizada no início de 2020 pela Fundação Abbé-Pierre, a França atualmente possui cerca de 250 mil pessoas vivendo nas...

Brasileira de 17 anos ganha medalha de ouro na Olimpíada Europeia de Matemática

Se cada suado e perseverante ouro olímpico que o nosso país conquista a cada quatro anos é motivo de grande celebração e felicidade nas...

Imigrante escala prédio para resgatar menino pendurado em Paris

Gassama, que estava ilegal na França, recebeu a promessa de que ganhará a cidadania francesa e um emprego no Corpo de Bombeiros.

Instagram