Após quase perder a mãe, mexicano de 18 anos cria sutiã que detecta câncer de mama

Todos os anos, são diagnosticados 1,7 milhões de casos de câncer de mama, o que faz da doença a segunda maior causa de morte entre as mulheres. Aos 13 anos, o mexicano Julián Ríos teve sua mãe diagnosticada com a doença. Após dura batalha, ela se recuperou após uma dupla mastectomia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ríos decidiu evitar que outras mulheres passassem pela mesma situação. Hoje com 18 anos, o rapaz inventou um sutiã capaz de detectar a doença de maneira mais precisa do que o exame de toque. A criação foi premiada no Global Student Entrepreneur Awards (GSEA), evento destinado a estudantes empreendedores.

Leia também: Messi ajudará na construção de centro contra o câncer infantil

Batizado como Eva, o produto foi lançado pela Higia Technologies, empresa fundada por Ríos para esse fim. O sutiã funciona com sensores capazes de medir as alterações na textura, cor e temperatura do seio, ajudando a detectar os sintomas do câncer. Para isso, as mulheres precisam usar a vestimenta por pelo menos 15 minutos diários.

Por enquanto o sutiã ainda não é um produto em escala comercial, mas ajuda a diminuir o tempo de diagnóstico da doença, aumentando as chances de recuperação das pacientes. Ao detectar mudanças nos seios, o algoritmo do programa envia o resultado dos testes para a mulher e para seu médico oncologista.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja mais no vídeo abaixo:

Fonte: Tanks Good News

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,761,430SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Polvos feitos de crochê tranquilizam bebês prematuros no Paraná

Os tentáculos lembram o cordão umbilical e dão a sensação de segurança que o recém-nascido tinha no útero da mãe.

Médica indígena vence batalhas para oferecer atendimento ao seu povo

A médica indígena Hywyxy, das etnias Baré e Baniwa, venceu as batalhas dela com a energia ancestral de seu povo.

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Menino de 6 anos entra para o Guinness como o mais jovem programador do mundo

O indiano Arham Om Talsania, tem 6 anos e desde os 2 usa tablets. E essa familiaridade com a tecnologia o levou longe. Ele...

25 soldados e seus animais de estimação em fotos cheias de esperança e amor

A guerra é o inferno, e os soldados que lutam são apenas pessoas, eles precisam de amor também. Os animais encalhados em zonas de guerra perigosas...

Instagram