Início INSPIRAÇÃO Gentilezas Aposentado ganha carro em rifa, mas devolve veículo para ajudar mulher doente

Aposentado ganha carro em rifa, mas devolve veículo para ajudar mulher doente

O aposentado Célio Pereira de Carvalho foi o grande premiado de uma rifa realizada em Londrina, no norte do Paraná, ao ganhar um carro.

No entanto, ao tomar conhecimento do resultado e receber as chaves de Margarete Mormul, proprietária do veículo, Célio decidiu que não ficaria com ele, e o devolveu à dona.

[Faltando apenas um ano para se formar em odontologia, a Ingred sofreu um grave acidente doméstico que a deixou tetraplégica. Para se graduar, ela precisa de um carro, pois a faculdade fica a 43 km de onde ela mora e Ingride não conta com transporte público. Vamos ajudá-la a fechar esse ciclo? Clique aqui e apoie.]

“Sabia que ela usava o carro para trabalhar, que era a única fonte de renda dela. Quando comprei quatro rifas prometi que se ganhasse não ficaria. O meu objetivo era ajudar e não ficar com o prêmio”, contou.

Após ganhar carro rifa aposentado devolve ajudar mulher doente

Há quatro meses, Margarete descobriu que suas enxaquecas e sinusites frequentes eram, na verdade, dois tumores malignos no cérebro.

Ela deveria ser submetida à uma cirurgia com urgência, no entanto, não tinha dinheiro suficiente para bancar o procedimento operatório. Sem saída, Margarete decidiu rifar o próprio carro, que custa cerca de R$ 20 mil.

Leia também: Médico doa carro para rifa e ajuda funcionários com salários atrasados

Os dois meses seguintes foram dedicados à venda das rifas (R$ 20). Margarete chegou a ir em programas de televisão para pedir ajuda.

“Quando descobri foi muito difícil, faltou chão. Não desisti da vida e decidi leiloar o carro que utilizava para trabalhar, era motorista particular. A maioria das pessoas disse que devolveria o carro caso ganhasse. Mas, quando o Célio disse que não ficaria, me devolveu as chaves, eu tremia de emoção. Sou muito grata”, contou emocionada.

Após ganhar carro rifa aposentado devolve ajudar mulher doente

Com o dinheiro arrecadado das rifas, Margarete fez a cirurgia de retirada dos tumores, e chegou a ficar em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Santa Casa após a operação. Com dificuldades de recobrar a consciência, a equipe médica chegou a dizer à família que ela não resistiria.

“Ela é um milagre de Deus. Quando os médicos disseram que ela estava entre a vida e morte rezamos muito. Os amigos e a família fizeram uma corrente de oração, e Deus deu a vida para ela novamente. Queremos agradecer a todas as pessoas que rezaram por ela e ajudaram”, disse a mãe de Margarete.

Leia também: Garis encontram bolsa com mais de mil reais e devolvem dinheiro de aposentada

“Deus me devolveu a vida e o carro, sou muito grata. Tive o milagre de ficar bem, de poder tocar a vida novamente”, encerrou.

Célio de Carvalho diz que ficou mais feliz com a ação do que a própria Margarete. “Para ajudar alguém a gente dá até o sangue. A gente nunca deve fazer o bem cobrando receber algo em troca”, concluiu.

Veja o vídeo:

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: G1/Fotos: Marcelino Barbosa/RPC

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,409FãsCurtir
1,680,985SeguidoresSeguir
8,251SeguidoresSeguir
11,000InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Instagram