Ararinha-azul está extinta no Brasil, Alemanha enviará 50 exemplares em 2019

A BirdLife International, uma organização não-governamental de defesa dos animais e do meio ambiente divulgou um estudo em que atesta que oito espécies de pássaros estão extintas ou com alta probabilidade de extinção na natureza. Delas, quatro são brasileiras: a ararinha-azul (Cyanopsitta spixii), o trepador-do-nordeste (Cichlocolaptes mazarbarnetti), o limpa-folha-do-nordeste (Philydor novaesi) e o caburé-de-pernambuco (Glaucidium mooreorum) – este último, uma coruja.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Cyanopsitta spixii, popular ararinha-azul, ganhou fama internacional após ter sido ‘protagonista’ do filme “Rio” (2011), animação produzida por Carlos Sadanha, cineasta brasileiro. No filme, ‘Blu’, uma ararinha feliz que vive nos Estados Unidos é raptada por traficantes de animais e descobre a verdadeira liberdade ao conhecer o Rio de Janeiro.

Leia tambémONG chinesa cria ‘creche’ de pandas para prevenir a extinção da espécie

Apesar do roteiro romantizar o pássaro, enfatiza o quanto a ave é rara do ponto de vista global. Após a declaração de quase-extinção, algumas poucas ararinhas-azuis podem ser encontradas com criadores específicos. A ONG Birdlife, em relatório recente, estimou que existam apenas 60 a 80 delas, trancafiadas em cativeiros.

Ararinha-azul está extinta no Brasil, Alemanha enviará 50 exemplares em 2019
Foto: Arquivo/ICMBio

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ararinha-azul está extinta no Brasil, Alemanha enviará 50 exemplares em 2019
Foto: Arquivo/ICMBio

No estudo 51 espécies com risco real de extinção foram analisadas e agrupadas de acordo com os seguintes fatores: confiabilidade dos registros e intensidade das ameaças.

Sul-americanas

Cinco das oito espécies analisadas vivem na América do Sul.

“A principal causa das extinções está associada às altas taxas de desmatamento,” disseram especialistas. O estudo apontou que quatro espécies serão reclassificadas como “criticamente ameaçadas”: Lorikeet Charmosyna diadema, da Nova Caledônia; Abibe Vanellus macropterus; Glaucidium mooreorum; e a Glaucous Macaw Anodorhynchus glaucus, uma ave brasileira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também3 Santuários de animais selvagens na África do Sul que poderiam existir no Brasil

Stuart Butchart, cientista-chefe da Birdlife e principal autor do estudo, afirmou que, infelizmente, há uma tendência de aumento das extinções nos continentes, “impulsionada principalmente pela perda de habitat, degradação da agricultura e extração insustentáveis”.

 

Sobre a ararinha-azul

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ararinha-azul mede cerca de 57 centímetros – é uma espécie rara, com plumagem em tons de azul, tipicamente encontrada na Bahia (nos municípios de Curacá e Juazeiro, principalmente). Há relatos de que algumas delas vivam no Piauí e em Pernambuco também, apesar da informação carecer de fontes confiáveis.

Da Alemanha para o Brasil

O ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, afirmou que o Brasil receberá 50 ararinhas-azuis da Alemanha até o primeiro semestre de 2019 após assinar um acordo com organizações pró-animais da Bélgica e da Alemanha em Bruxelas. O objetivo em comum é possibilitar a reintrodução sadia dessas aves no território brasileiro.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: EngenhariaÉ

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,253,471SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina de 16 anos vende os cabelos para comprar tanque de oxigênio para avô com Covid-19

A mexicana Ana Paola Romero tem apenas 16 anos e já está dando uma lição de empatia ao mundo. Vaidosa, estava deixando seus cabelos...

Festival de curtas sobre iniciativas que estão transformando o mundo prorroga inscrições

O Festival Curta na Uerj chega a sua quinta edição este ano e terá como tema iniciativas que podem tornar o mundo um lugar...

Maqueiro que tranquilizou idosa vai ter a casa reformada pelos colegas do hospital

Falamos aqui do dia em que o maqueiro Idelmar Pereira dos Santos (56), o “Farofa”, pegou uma paciente idoso no colo que estava sentindo...

Casal desaba em lágrimas com pedido de casamento em livraria

Esse casal, Ryan e Clayton, se conheceram em um café em Portland, Oregon (EUA) e semana passada Ryan reuniu a família e todos os amigos mais...

Terapeuta conquista diploma no ensino superior vendendo coxinhas

Após anos de lutas, estudos e dificuldades, Samires Souza, jovem de 23 anos, agora é terapeuta ocupacional. A conquista do título, porém, foi cercada...

Instagram