fbpx

15 Filmes que você não esperava que tivessem incríveis lições de vida


PUBLICIDADE ANUNCIE

Existem muitas obras cinematográficas que estamos cansados de ver em listas dos melhores filmes motivacionais, concordam? Por isso, o Razões decidiu fazer um pouco diferente: selecionamos 15 filmes que também contém lições de vida, porém não tão óbvios assim.

Todo mundo tem aquele filme que ninguém gosta e só você gosta, ou que todo mundo saiu fascinado com a lição que ele deu, mas você não achou nada demais, por isso, perguntamos à algumas pessoas, e essa foi a compilação que fizemos.

Às vezes encontramos belas surpresas sem esperar. Vem conferir!

1. Cisne Negro

Nesse drama psicológico, onde Natalie Portman ganhou (merecidamente) o Oscar de melhor atriz, é retratado a história de Nina (Natalie), uma jovem e insegura bailarina de uma companhia de dança, obcecada em ser uma dançarina perfeita.  Ao conseguir o papel principal na montagem “O Lago dos Cisnes”, ela precisa interpretar tanto o Cisne Branco, que representa a pureza e a bondade, como o Cisne Negro,  personificação da malícia e da sensualidade. Empenhada em ter o melhor desempenho possível, Nina trava uma luta com seu psicológico, o que pode resultar no fim de sua sanidade. É um filme onde a reflexão não é tão óbvia, mas te ajudará a repensar certos comportamentos.

Lição:

Como diria Clarice Lispector: “até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro”. Não existe perfeição, e quem a busca certamente está perdendo tempo. Não faça isso, procure melhorar o que te incomoda, mas se ame por inteiro. Todo mundo tem falhas,  certo?

2. Perdido em Marte

Com a direção de Ridley Scott, o filme conta a história do astronauta Mark Watney (Matt Damon), que é enviado a Marte. Após uma tempestade de areia e um acidente, é dado como morto pelos seus colegas, que retornam à Terra. Sozinho no planeta, o astronauta precisa achar um jeito de sinalizar a Terra que está vivo.

Lição: resiliência significa a capacidade de conseguir ir em frente nas horas de dificuldades, conseguindo manter a saúde mental e o otimismo. Resumindo: a boa e velha volta por cima. O personagem usa dessa habilidade para conseguir manter o equilíbrio e sobreviver.

3. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

lições de vida

Com uma fotografia impecável, esse filme fala sobre uma jovem, Amélie Poulain (Audrey Tautou), que encontra uma caixa escondida no banheiro de seu apartamento. Ela decide devolvê-la ao antigo dono, e fica sensibilizada com a reação dele. Depois disso, ela começa a ter atitudes simples de caridade com as pessoas ao redor. 

Lição: Os objetivos não precisam ser complexos para poderem transformar a vida das pessoas. Há beleza nas coisas simples da vida, apenas é necessário estar aberto a elas.

4. Escritores da liberdade

Baseado no best-seller “O Diário dos Escritores da Liberdade”, o filme narra a história de uma professora , Erin Gruwell (Hilary Swank), que começa a trabalhar em uma escola onde os alunos são agressivos, devido a violência e tensão racial existente no local. Para se aproximar deles, a professora cria um projeto de leitura e escrita, e, aos poucos, eles vão se abrindo e criando elos ao contar suas próprias histórias e ouvir a dos outros, passando a acreditar cada vez mais neles mesmos. 

Lição: o filme nos mostra como é  importante ser tolerante e nos faz refletir sobre o racismo, e a desigualdade que existe nas classes sociais.

5. Zootopia

Embora possa ser classificado como um filme infantil, a animação traz reflexões que servem para todas as idades.

Ele conta a história de Judy Hopps, uma coelhinha que tem o sonho de trabalhar no departamento da polícia da cidade de  Zootopia. Lá, ela conhece a esperta raposa Nick Wilde, e juntas precisarão desvendar um caso importante para a cidade. Além disso, espécies diferentes de animais moram em Zootopia, cada um com seu jeito de encarar a vida.

Lição: Mesmo passando por muitos problemas, Judy não desiste de seu objetivo, e com certeza vai te inspirar a correr atrás dos seus, por mais difíceis que possam parecer. Além disso, ele mostra a importância de respeitar a todos, por mais diferentes e distantes da nossa tradição que possam ser.

6. O Discurso do Rei

O filme trata da história de vida do Rei da Inglaterra George VI ( Colin Firth) que sofre de gagueira desde os quatro anos de idade. Isso se torna um grande problema ,pois como ele pertence a realeza britânica, George precisa realizar discursos com bastante frequência.

Lição: nos ensina que o mais importante é nunca desistir dos nossos objetivos  e lutar contra os nossos medos.

7. O Conde de Monte Cristo

Jim Caviezel interpreta Edmond Dantes , um jovem honesto que se apaixona por Mercedes (Dagmara Dominczyk). Porém, sua vida muda totalmente quando é preso injustamente devido a uma armadilha feita pelo seu melhor amigo, Fernand (Guy Pearce) que faz isso com o objetivo de ficar com Mercedes, e lhe faz ser preso injustamente para poder ficar com a jovem. (Dagmara Dominczyk). Durante o tempo em que fica preso, começa a planejar a vingança contra Fernand e recebe ajuda de onde menos esperava.

Lição: O filme é um retrato importante sobre o perdão, mostrando a importância dos valores pessoais e da compaixão.

PUBLICIDADE ANUNCIE

8. Belle e Sebastian

Cativante é a palavra para esse filme. Durante a Segunda Guerra Mundial, Sebastian (Félix Bossuet) vive nos Alpes com seu avô adotivo, e é um garoto muito solitário. Em meio a trama da resistência francesa e dominação nazista na França, o menino conhece Belle, aparentemente uma indomável cachorra, que vira a sua melhor amiga.

Lição: Se você não sair encantado pela história, pode vir reclamar com a gente ;). O filme nos lembra como é bonita uma relação de amizade sem interesses, sustentada apelas pelo carinho genuíno e a afeição.

 9. A Boa Mentira

Em meio a guerra, três homens sudaneses, Mamere (Arnold Oceng), Jeremiah (Ger Duany) e Paul (musician Emmanuel Jal), têm a oportunidade de sair do país e conseguir uma vida melhor nos Estados Unidos. Carrie Davis (Reese Witherspoon),uma assistente social , torna-se amiga deles e os ajuda a viverem melhor.

Lição: Com muita sensibilidade, o filme nos aproxima da realidade dos personagens, mostrando como é importante desenvolver a empatia pelo próximo.

10. Até o Último Homem

Foto: Mark Rogers 

Mel Gibson, além de bom ator, se mostrou mais uma vez um diretor com talento.Até o Último Homem” é baseado em uma história real que aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial.

O protagonista é Desmond T. Doss (Andrew Garfield), um médico do exército que se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas, e mesmo assim salvou mais de 75 pessoas durante a Batalha de Okinawa.

Lição: Refletindo sobre o perdão, o drama mostra a importância de amar não apenas o próximo, mas também o inimigo.

11. Gran Torino

Clint Eastwood interpreta Walt Kowalski, um veterano da Guerra da Coréia que passa seus dias matando o tempo como pode. Ele vive sozinho com sua cadela, Daisy e, xenofóbico, não gosta dos seus  vizinhos imigrantes asiáticos. Parece conformado em apenas viver o resto de tempo de vida que lhe resta, até que algo inesperado acontece: Thao, um de seus jovens vizinhos, é obrigado por uma gangue a roubar o Gran Torino de Walt.

Depois disso, o jovem é obrigado a prestar serviços para Walt e uma amizade verdadeira e inesperada surge entre os dois, o que faz com que o homem ranzinza repense seus preconceitos.

Lição: Não precisamos ser iguais para que um laço forte de amizade e afeição se construa. Saber aceitar as diferenças dos outros é um caminho para a possibilidade de relações significativas.

12. Livre

Baseado no livro autobiográfico de Cheryl Strayed, Reese Witherspoon vive uma jovem que acaba de sofrer alguns baques da vida como um divórcio conturbado e a morte de sua querida mãe. Sem perspectiva de algum futuro, Cheryl estabelece para si mesma um desafio para tentar se encontrar: caminhar mais de 1.770 quilômetros na Pacific Crest Trail (PCT) – trilha que atravessa a costa oeste dos Estados Unidos, sozinha.

Lição: Quem nunca teve vontade de jogar tudo pro alto e recomeçar do zero? A história de Cheryl nos mostra que somente quando fazemos as pazes com nós mesmos e o nosso passado, encontramos a paz.

13. Um Lugar Qualquer

Com um olhar intimista, Sofia Copolla faz o que sabe de melhor: nos mostra uma visão humana dos personagens. Johnny Marco (Stephen Dorff) é um ator rebelde, que aparentemente tem tudo aquilo que lhe pode trazer felicidade: sucesso profissional, dinheiro e lindas mulheres. Pai ausente, inesperadamente, ele recebe a visita de sua filha, Cleo (Elle Fanning) que acaba encontrando um jeito de fazer parte da rotina diária dele. Aos poucos, o relacionamento entre os dois se fortalece, e faz com que Johnny reavalie o que realmente é importante em sua vida.

Lição: podemos ter uma vida aparentemente perfeita, com muito glamour e regalias, mas será que isso é o bastante?

14. Frances Ha

Um dos casos em que a personagem é tão cativante que você acaba esquecendo da história. Frances (Greta Gerwig) é uma aprendiz de uma companhia de dança, que encara os problemas da vida de uma maneira otimista e leve.

Lição: levar a vida de um jeito mais leve e manter vivo o espírito de criança são dois elementos que nos ajudam a lidar com as adversidades. Resumo: seja como ela. Apenas.

15. A Era do Gelo

A animação conta a história  de Manny, um mamute que certo dia salva Sid, um bicho-preguiça de um ataque de rinocerontes. O animal decide seguir Manny e no caminho, encontram um bebê abandonado na beira de um rio. Eles resolvem devolvê-lo aos humanos, junto com o tigre Diego.

Lição: A relação familiar que os personagens constroem, buscando apoio uns nos outros, mostra que família é quem cuida e cria, não necessariamente a de sangue.

Gostaram da lista? Conta pra gente nos comentários 😉

 Fotos: IMDB

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar