Artesanato melhora quadro de pacientes com transtornos mentais

A arte cada vez mais está sendo usada como ferramenta terapêutica no tratamento de pacientes com transtornos mentais. O Centro de Assistência Psicossocial Monsenhor Fagundes, em Brumado, Bahia, dá mais uma prova disso com sua oficina de artesanato.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A instituição utiliza a oficina no tratamento psicoterapêutico de seus pacientes e só tem o que comemorar. Os alunos criam bonecas, panos decorativos, chaveiros, lembranças, entre outros produtos que inspiram criatividade e com um bom acabamento.

Leia também: Oficina no Mato Grosso do Sul recupera mobiliário hospitalar para doação

Uma das professoras da oficina, Ofélia Castro, contou ao site 97NEWS que a oficina recebe doações de materiais recicláveis para serem utilizados na confecção, “explorando de forma muito positiva as mãos talentosas dos assistidos”.

artesanato melhora pacientes transtornos mentais bahia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pacientes de outras cidades da região também são beneficiados, não apenas de Brumado. Segundo Castro, a oficina trouxe melhorias significativas no tratamento dos pacientes assistidos ao explorar sua imaginação através do artesanato.

Os produtos são vendidos por um preço bem em conta em um bazar montado dentro do CAPS Monsenhor Fagundes. Todo o lucro das vendas é utilizado na compra de materiais poucos acessíveis e que dão um acabamento diferenciado aos produtos.

artesanato melhora pacientes transtornos mentais bahia

Quem tiver interesse de conhecer mais a oficina e fazer algumas comprinhas é só dar um pulo na Rua Oswaldo Cruz, nº 13.

crédito das fotos: Reprodução/Luciano Santos – 97NEWS

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,854,795SeguidoresSeguir
25,013SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem de 24 anos decide vender pano de chão para ser o próprio chefe

“Eu conversei com a minha mãe e falei ‘pô, mãe, não quero trabalhar mais pra ninguém. Eu quero ter o meu próprio negócio.”

Vídeo mostra doce gesto de varredor de rua tomando cuidado para não apagar desenho de menina no chão

Um varredor de rua ficou tão feliz em ver um desenho de giz de uma menininha pelo caminho que limpava que resolveu desviar um pouco só para não...

Noiva pede para seu tio de 92 anos ser o “algo azul” de seu casamento

Há uma antiga tradição que teve origem na Inglaterra, que diz que toda noiva deve se casar com algo novo, algo velho, algo emprestado e algo azul.

Como apoiar uma mulher que luta contra o câncer de mama

O que fazer caso o diagnóstico dê positivo? A agência de publicidade F/Nazca Saatchi & Saatchi se uniu à Fundação Laço Rosa para ajudar a responder essa pergunta.

Para ajudar avô com Parkinson, criança de 11 anos cria canecas difíceis de entornar

Não é a primeira vez que Lily Born, de apenas 11 anos, tenta financiamento através do Kickstarter para produzir um modelo de uma caneca especial: o produto tem...

Instagram

Artesanato melhora quadro de pacientes com transtornos mentais 2