Artesãs reaproveitam fios de eletricidade para fazer lindas biojoias e gerar renda no Ceará

Transformar lixo em biojoias únicas e personalizadas. É exatamente essa “mágica” que um grupo de artesãs cearenses do Grupo Giro Social faz com os materiais de instalações elétricas da Enel que seriam descartados e simplesmente queimados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E é aproveitado de tudo mesmo, hein?! São fiações, borrachas e fios de cobre que viram itens cheios de beleza e sofisticação como colares, brincos e pulseiras. 

Essa iniciativa incrível faz parte do projeto Enel Compartilha Empreendedorismo, que chegou no interior do Ceará para estimular a geração de renda de uma maneira mais sustentável a essas mulheres.

“Mensalmente, são retiradas toneladas de fios e cabos pelas nossas equipes. São fiações colocadas irregularmente na rede elétrica, de telefonia, internet e até mesmo de TV a cabo. Então, propomos um desafio para as artesãs: transformar esses materiais em outras peças”, contou Ana Cilana, gerente de projetos de sustentabilidade na Enel Distribuição Ceará.

E não é que deu super certo?! Com a coordenação de uma designer de joias, as artesãs ressignificam e transformam esses materiais em peças únicas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Artesãs reaproveitam fios de eletricidade para fazer lindas biojoias e gerar renda no Ceará 2

De donas de casa a empreendedoras!

O projeto Enel Compartilha Empreendedorismo ressignifica os  resíduos e ainda dá a essas mulheres independência financeira e o resgate da autoestima, através de cursos e técnicas de artesanato e empreendedorismo.

É mostrar para essas mulheres que elas podem sim ter um sonho. São donas de casa que hoje transformam esses materiais em lindas obras de arte!”, afirmou Maria Eurilene, diretora do Giro Social.

Artesãs reaproveitam fios de eletricidade para fazer lindas biojoias e gerar renda no Ceará 3

A partir do conceito de Economia Circular, o projeto propõe uma metodologia de incubação de negócios sociais, e atua na capacitação para produção, gestão e comercialização.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a pandemia do novo coronavírus, o projeto precisou se reinventar e as vendas agora estão sendo feitas por meio do Instagram do Giro Social, onde elas expõem as peças com valores e entregam por meio de um sistema delivery.

Trabalho incrível!

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar)

Quer ver a sua pauta aqui? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,089,429SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Colin Farrell, que tem irmão gay, faz campanha a favor do casamento igualitário

Heterossexuais podem se dedicar ao ativismo LGBT? Não só podem como estão fazendo. James Franco vira e mexe coloca sua opinião a favor dos...

Carpinteiro compra jiboia, livra animal de pauladas e o entrega à Patrulha Ambiental

Um carpinteiro pagou R$ 100 para dois homens pararem de dar pauladas em uma jiboia, no Rio de Janeiro. O rapaz, que preferiu não ter...

Gentileza: jovens poloneses vagam pelas ruas procurando cobertor para sem-teto

Os jovens da “geração millennial” são conhecidos por não desgrudarem de seus celulares e por isso, perderem um pouco a vida real, mas esses três...

Como um professor de Yoga está salvando bombeiros dos EUA da depressão

O organização não-governamental Yoga For First Responders (YFFR) está acompanhando bombeiros de diversas brigadas dos Estados Unidos e ajudando-os a lidar com as demandas de...

Mauricio de Sousa aparece de surpresa em aula de escola pública por menino autista

Mauricio de Sousa apareceu de surpresa em uma aula online para crianças de uma escola pública de São Paulo. A criançada amou, especialmente o...

Instagram

Artesãs reaproveitam fios de eletricidade para fazer lindas biojoias e gerar renda no Ceará 5