Artista argentino cria tanque de guerra munido da arma mais poderosa: livros

Já dizia Nelson Mandela: “A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo”. Talvez esta frase tenha inspirado o artista argentino Raul Lemesoff, o responsável pela criação de uma arma que pode mudar a vida de muitas pessoas: ele transformou um antigo carro Ford Falcon, de 1979, em um tanque de guerra. Mas, ao invés de disparar balas, o veículo dispara livros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui.

O veículo funciona como uma verdadeira biblioteca itinerante. O formato é de tanque de guerra e tem até um canhão, mas toda a lateral é repleta de prateleiras, em que são dispostos até 900 livros, com os mais diversos temas e estilos.

Com a munição de livros pronta, o artista percorre as ruas de Buenos Aires, na Argentina, disparando livros por todos os lados e para todas as pessoas que cruzam o seu caminho. Não é necessário pagar nada pelos exemplares, apenas se comprometer com a leitura:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto em que Lemesoff trabalhou nos últimos anos dá um novo significado a um dos principais símbolos de guerra, que foi batizado de “Arma de Instrução em Massa”. 

tanquedeguerra tanquedeguerra2 tanquedeguerra3 tanquedeguerra4 tanquedeguerra5 tanquedeguerra6 tanquedeguerra7

banner

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,253,471SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

3 Santuários de animais selvagens na África do Sul que poderiam existir no Brasil

Conheça três Santuários de animais na África do Sul que poderiam existir no Brasil.

No lugar de cesta básica, família ganha ‘vários pacotes de sal’, comove internautas e recebe R$ 46 mil em doações

Nove pacotes de sal e quatro de farinha. A tal “cesta básica” acabou com a dona de casa Marcela Marinho.

Mineiro vence preconceito, se forma em universidade americana e volta vitorioso

Após quatro anos estudando nos Estados Unidos, Alayê de Brito, 26 anos, retornou ao Brasil com o diploma do Colégio Spring Hill em mãos. Alayê...

Incríveis imagens que mostram os 11 anos de amizade entre um leão e o homem que salvou sua vida

Os leões geralmente são animais perigosos e devemos ter muito cuidado com eles. Mas esse não é o caso de Zion, um leão que...

Catador de recicláveis mantém escola para crianças carentes em Olinda há 34 anos

Existem pessoas que fazem de tudo para mudar a realidade de crianças carentes que não tem acesso à escola, principalmente em regiões distantes dos...

Instagram