Artista transforma embalagens de lanche escolar do filho em verdadeiras obras de arte

Quem não se lembra das lancheiras decoradas que levava para a escola quando criança? Só que chega uma hora que as crianças crescem e simplesmente não querem mais usar as lancheiras e aí começam a comprar seus próprios lanches ou carregar na mochila. Mas nos Estados Unidos é muito comum as crianças levarem seus lanches naqueles saquinhos clássicos de papel, sabe?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dominick Cabalo é um ilustrador super talentoso que tem um filho – Nicholas, de 12 anos. Ele diz que seu filho é muito tímido e que tinha dificuldade em fazer amizades na escola, então ele encontrou uma maneira lúdica e criativa de ajudar o garoto!

Ele começou a fazer belíssimas ilustrações nos saquinhos de lanche, pois isso seria um atrativo para que as outras crianças fossem falar com ele! Isso começou há 2 anos e até agora Dominick já ilustrou mais de 500 saquinhos para seu filho. As inspirações vão desde personagens de desenhos animados, quanto super heróis!

Dá só uma olhada nos saquinhos de lanche, que na verdade são verdadeiras obras de arte!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Tudo Bem

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,496,742SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bares e restaurantes brasileiros começam a abrir espaço para a gastronomia sustentável

De olho na tendência de comportamento dos consumidores, a gastronomia brasileira se renova com a preocupação por uma estrutura mais sustentável.

Depois de 15 anos, confeiteira que foi humilhada volta a sorrir: prepara o lencinho!

A Cida ficou conhecida após uma mulher humilhá-la dizendo que o bolo que ganhou era pequeno demais.

Crianças de 5 anos formam conselho deliberativo de escola pública em São Paulo

Elas fazem parte de um conselho deliberativo, chamado “Conselho da Criança”, que tem mudado a rotina e as decisões na gestão da escola. A primeira reivindicação dos pequenos foi o fim da obrigatoriedade do soninho após o horário de almoço.

Tecnologia está ajudando no tratamento de crianças autistas

Atração de crianças autistas por equipamentos tecnológicos tem sido aproveitada para o desenvolvimento de técnicas de ensino mais eficazes. Ouça essa história e entenda como...

Por trás dessa fotografia existe uma história de amor de pai

A foto acima prova que sim. Estamos falando do amor genuíno e quase sempre incondicional: o amor de pai para filho. O homem da foto...

Instagram