Árvore de 1000 anos do Japão vira símbolo de resiliência nestes tempos difíceis

Uma milenar árvore do Japão se tornou um símbolo de resiliência no país diante das adversidades e tempos tão turbulentos quanto estes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cerejeira Takizakura fica em Miharu, Fukushima, uma pequena cidade rural de 17 mil habitantes que depende economicamente do turismo dela.

Cerca de 300 mil pessoas visitam a árvore todos os anos. Ela é considerada uma das “5 grandes cerejeiras do Japão“, tendo sido designada um “Tesouro Nacional” (equivalente a um patrimônio histórico) em 1922.

Takizakura tem 12 metros de altura e se estende por 22 metros de leste a oeste. Tradicionalmente, em meados de abril a árvore floresce e suas flores rosa claro se espalham por todas as direções a partir dos galhos, como uma cachoeira.

árvore cerejeira Takizakura japão
Foto: Zekkei Japan

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Neste ano, por conta da pandemia de Covid-19 e a consequente declaração de estado de emergência do governo japonês, a árvore será contemplada por bem menos visitantes do que o de costume.

Sidafumi Hirata, 53 anos, encarregado de preservar a herança cultural da cidade e cuidar da cerejeira, disse em uma entrevista à emissora NPR que ele se lembra de ter corrido para checar a árvore após o desastre nuclear de Fukushima, em 2011.

O pior terremoto da história recente do Japão provocou um tsunami que danificou a usina nuclear de Daiichi a 48 quilômetros de distância, provocando ondas de radiação nas cidades próximas – mas mesmo depois do tsunami, do terremoto e do colapso nuclear, a Takizakura não foi ferida.

“Esta árvore viveu tanto tempo e, quanto mais você vive, mais eventos ruins você vê”, disse Hirata. “Então ela verá mais coisas ruins, mas também verá coisas boas – a vida é feita de camadas, camadas de coisas ruins e felizmente, de coisas boas.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

árvore cerejeira Takizakura japão
Foto: 京 浜 に け, Creative Commons.

Ajude reserva ambiental do Amapá a não fechar as portas. Clique aqui e saiba como contribuir!

Hirata diz que, apesar da falta de visitantes deste ano, ele continuará cuidando da árvore para que ela continue florescendo “pelos próximos mil anos”. Enquanto isso, os admiradores de Takizakura esperam que sua longevidade duradoura inspire outros a permanecerem tão resilientes quanto ela.

Confira mais fotos da imponente cerejeira:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

árvore cerejeira Takizakura japão
Foto: Zekkei Japan

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

árvore cerejeira Takizakura japão
Foto: Zekkei Japan

árvore cerejeira Takizakura japão
Foto: Zekkei Japan

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Fonte: GNN

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,833,091SeguidoresSeguir
24,677SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Família real britânica terá o primeiro casamento gay de sua história

Primo da Rainha Elizabeth II, o lorde Ivar Mountbatten e o diretor de serviços aéreos James Coyle irão se casar no final do verão europeu.

Empresa americana fabrica casas de até 29 metros que serão entregues pela Amazon!

Já não é de hoje que o mundo vem falando no estilo de vida minimalista. De fato, quanto menos coisas possuímos, mais livres podemos...

Já estou lá! Estação de trem em São Paulo fará festa inspirada em Harry Potter

O nosso sonho de poder viver no mundo do Harry Potter vai se realizar, gente! A festa “Expresso Hogwarts – um dia na Escola de...

Passageiro no Rio tem linda atitude quando viu uma senhora chorando no voo

O Igor Saraiva vai ganhar uma carteirinha aqui do Razões. Ele não apareceu apenas uma, mas duas vezes aqui no site por estar fazendo...

Jovem aproveita Black Friday para alimentar desabrigados no Guarujá (SP)

"Sobrou um dinheiro este mês e decidi que seria a hora certa, porque os restaurantes estavam fazendo promoções na Black Friday", contou o porteiro Leonardo Souza Leite.

Instagram

Árvore de 1000 anos do Japão vira símbolo de resiliência nestes tempos difíceis 1