Início Meio Ambiente Instituto fundado por jovem planta 2 milhões de árvores e refloresta área...

Instituto fundado por jovem planta 2 milhões de árvores e refloresta área desmatada no RJ

Tinha apenas 14 anos quando o ativista e agora, secretário de Meio Ambiente de Volta Redonda (RJ), Mauricio Ruiz, 37 anos, fundou há 20 anos, com um grupo de amigos o ITPA (Instituto Terra de Preservação Ambiental) em Miguel Pereira (RJ) com a missão de reflorestar áreas devastadas pelo desmatamento.

Oinstituto reflorestou em 7 anos a Serra de Miguel Pereira, uma das cidades que mais tinha problemas com desmatamento no Rio de Janeiro, com o plantio de cerca de 2 milhões de árvores! A ação foi feita por voluntários e profissionais da instituição. Que incrível, não é mesmo?

Ah, esse reflorestamento da Serra de Miguel Pereira é considerada a maior iniciativa de reflorestamento da história do Estado do Rio de Janeiro! Que demais!

“Centenas de homens e mulheres fizeram e fazem parte desta grande ação pelo bem coletivo. Agradeço a cada um deles aqui, pois tão importante quanto plantar uma árvore no chão é semear a esperança no coração das pessoas”, afirmou Mauricio.

Leia também: Artesãs do sertão mineiro estão há 1 ano sem salário após incêndio devastador: ‘é a vida delas’

Confira o antes e depois da Serra de Miguel Pereira após o reflorestamento:

imagem da serra de miguel pereira desmatada
Imagem da Serra de Miguel Pereira desvastada pelo desmatamento Foto: Arquivo/ITPA

imagem da serra de miguel pereira reflorestada
Após 7 anos de plantio, imagem da Serra de Miguel Pereira reflorestada pelo ITPA Foto: Arquivo/ITPA

Instituto comemora o plantio de mais de 3 milhões de árvores em 20 anos de trabalho

“Pretendemos continuar sendo a instituição que mais plantou árvores na história do Estado e do Brasil. Mas não são só árvores plantadas, elas são cuidadas e monitoradas. Os resultados são feitos por imagens via satélite. São muitos quilômetros de beira de rio sendo reflorestados”, afirmou Mauricío, que hoje atua como voluntário, desde que assumiu o cargo de secretário de Meio Ambiente.

Ativista Mauricio Ruiz sentado em meio da mudas de árvores do ITPA
Mauricio tinha apenas 14 aos quando fundou o ITPA com o objetivo de reflorestar e proteger áreas desmatadas do RJ. Foto: Reprodução/Facebook Mauricio Ruiz

O ITPA é uma organização privada, sem fins lucrativos, que trabalha desde 1998 em favor do desenvolvimento sustentável. Suas ações são bastante diversificadas e integram desde educação ambiental e mobilização de grupos organizados, até a implantação de áreas de restauração florestal e unidades de conservação da natureza.

voluntários e colaboradores do ITPA em área de plantio
O ITPA tem cerca de 70 colaboradores, entre fixos, temporários e consultores. que ajudam nas ações ambientais. Foto: Reprodução/Facebook Mauricio Ruiz

“O próximo passo é perseverar. Continuar monitorando o desmatamento e os incêndios, cobrando, fiscalizando e plantando”, disse.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

pai filha cantinho bambu prêmios programa tv

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,391FãsCurtir
1,679,634SeguidoresSeguir
8,247SeguidoresSeguir
11,000InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Instagram