Associação leva 50 mil crianças pobres para praia nas férias

Clique e ouça:

Há 40 anos, uma associação organiza excursões para crianças carentes, por acreditar que as férias são antes de tudo um direito, e não um luxo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Este ano, a Secours Populaire (‘Socorro Popular’, em tradução livre) levou 50 mil crianças para aproveitarem a chamada ‘jornada dos sem-férias’, segundo uma matéria publicada pelo G1. A associação alugou mais de 900 ônibus para levar a turma.

Leia também: Filha melhora o astral da mãe que andava desanimada em viagem

Muitas crianças, de 6 a 12 anos, vivem nos subúrbios de Paris, e não ligaram de acordar um pouco mais cedo do que estão habituadas para curtirem um dia de praia. Até porque várias foram à praia pela primeira vez. Dá para imaginar a ansiedade delas, e provavelmente nem conseguiram dormir à noite.

“Quero muito nadar. Fiquei um pouco apreensiva, porque nos meus sonhos o mar era menor, mas agora vejo que ele é gigante”, contou o pequeno Mohamed, 7 anos, impressionado com o tamanho do mar, bem maior do que aquele que via nos seus sonhos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As crianças encheram de alegria e agitação a praia de Cabourg, na Normandia, no Norte da França.

“Fizemos um castelo de areia, com dezenas de conchas e conseguimos até criar um pequeno rio no entorno”, disse a menina Sophia, 10 anos, orgulhosa da sua ‘obra de arte’. Já o companheiro de viagem, Sami, 12 anos, não quis saber de brincar na areia e foi direto para o mar.

“No começo a água estava muito fria, mas não quis sair para aproveitar as ondas. No fim já não sentia mais frio”, afirmou.

Um direito de todos

Uma das voluntárias que trabalhou como monitora na excursão diz que decidiu ajudar a associação olhando para sua própria experiência. Ela sempre viajou nas férias, “mas lembro que quando estava na escola, vários coleguinhas não tinham nada para contar quando voltávamos pra sala de aula”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cada três crianças, uma não viaja nas férias

Julien Lauprêtre, presidente da Secours Populaire, lembra que a cada três crianças, uma não viaja nas férias. Ele acredita que as férias não deveriam ser um luxo, mas um direito de todos. A entidade depende de doações para continuar organizando a ‘jornada dos sem-férias’. Para saber mais, clique aqui.

crédito da foto: Reprodução/Secours Populaire

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,071,741FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,122SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecidos dão vida nova a idoso que recebeu arroz com ração de cachorro para comer

A história de seu José Adan começou triste, mas terminou muito feliz. Ele é um senhor idoso que vive em situação de rua e...

Yaci e Yara, filhas de quilombolas, são capa da Marie Claire

Dona Maria Santana deve estar orgulhosa, afinal, suas duas filhas gêmeas, Yaci e Yara, estão conquistando o mundo da moda com sua beleza estonteante...

Em apenas 24h, vaquinha para menino que cuida sozinho da mãe doente arrecada mais de R$277 mil

Genteeee, que alegria! Em menos de 24h, batemos a meta da vaquinha para comprar uma casa para o menino José, 15 anos, a mãe...

Menino de 15 anos, que cuida sozinho da casa e da mãe doente, comove desconhecidos e ganha vaquinha

Quinze anos e já com a responsabilidade de um chefe de família. Essa é a idade do José, sozinho, o adolescente cuida da mãe...

Desempregado investe último dinheiro pra aprender, fazer e vender pudim em SP: negócio decolou após desabafo!

Dá água na boca, não dá? Eu sou suspeito, amo pudim, mas teve gente que pediu o pudim ‘cenográfico’ do Jonas, só que não...

Instagram

Associação leva 50 mil crianças pobres para praia nas férias 13