Ateliê Sustenta CaPão, uma padaria que tem uma mão na massa e a outra na sustentabilidade

Lixo é luxo na padaria artesanal Ateliê Sustenta CaPão, onde além da mão na massa, ainda mantém um pé na sustentabilidade. Há um ano atrás, os dois irmãos, José Carlos de Anunciação, de 34 anos e Bruno Horácio Pereira dos Santos, de 25, iniciaram a história de seu ateliê que hoje está dando tão certo que passa por uma reforma para aumentar de tamanho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Porém, a história que seguiram até aqui é tão dura quanto a história do lugar no qual a padaria carrega em seu nome. O Capão Redondo já foi um dos lugares mais violentos do país e é de lá que vieram José e Bruno. Eles, quando pequenos, moravam na casa de sua avó com mais 35 pessoas, entre familiares, tios e primos. A casa onde moravam ficava no fundo de uma viela que era usada para descarte de lixo.

José desde cedo começou a se interessar por gastronomia, aprendeu a cozinhar com sua avó, aos 12 anos fez seu primeiro bolo e aos 14 já trabalhava em uma padaria. Bruno quando criança adorava brincar com objetos encontrados no chão e no lixo e desde cedo já desenvolvia o sonho de trabalhar com sua coleta.

padaria-capao-3

“Era ali que eu brincava, pegava garrafa PET e ficava arrastando no chão, fingindo que era carrinho. Quando o caminhão passava para fazer a coleta era minha alegria. Eu achava mágico o caminhão levar a montanha de lixo embora”, conta Bruno.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar de ter parado com os estudos, José continuava a se aperfeiçoar no ramo da panificação, e conseguiu uma grande oportunidade de trabalho na padaria PÃO (Padaria Artesanal Orgânica), através do Instituto Rukha, um projeto social do empresário Marcelo Loureiro. Mas no meio dessa história um deles se desvirtuou, Bruno abandonou seus sonhos, entrou no mundo das drogas com 14 anos e foi preso por assalto aos 16.

Bruno acabou conquistando sua liberdade a duras penas após mais alguns tombos, mas arrependido voltou a estudar, fez supletivo e conseguiu concluir sua faculdade em Gestão Ambiental, que cursou na Universidade Estácio de Sá, graças também ao Instituto Rukha. Nesta época Bruno já trabalhava na coleta de lixo e já tinha um filho chamado Breno.

“Vi como em algumas áreas, como em Pinheiros, o recurso é abundante e as pessoas descartam tudo sem preocupação. Foi aí que comecei a observar o contraste social através do lixo.” Disse Bruno.

Em 2012 José e Bruno estavam tocando suas vidas, José já havia saído da PÃO e Bruno ainda trabalhava na empresa de limpeza urbana, quando certo dia algo aconteceu. Eles viram uma reportagem na televisão sobre a PÃO e ela destacava exatamente um bolo que tinha sido criado por José. Neste mesmo dia, os dois irmãos tiveram a ideia do Ateliê. padaria-capao-5

“Fiquei emocionado, achei muito legal e pensei: se uma receita minha chegou até lá, a gente tem mesmo que arriscar num negócio próprio”, conta José. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

padaria-capao-4

“Falei pro Zé que o lado positivo do bolo dele estar naquela matéria provava pra gente o quanto era bom. E como eu tinha estudado sustentabilidade na faculdade, pensei em colocarmos tudo em prática aqui. Faríamos uma padaria artesanal, na comunidade, unindo gastronomia e sustentabilidade”, diz Bruno.

Foi aí que tudo que era apenas uma ideia se concretizou em realidade, surgiu então o Ateliê Sustenta CaPão. Uma reforma na casa de José trouxe um chão de mosaico feito de pedaços descartados de mármore, depois vasos, cadeiras, sofá, plantas, tudo ia sendo reutilizado, pintado, customizado e melhorado e aí o novo sonho foi se transformando em realidade.

Hoje o sonho está se transformando em um lugar ainda maior, para caber ainda mais gente dentro dele. No ateliê tudo é feito a mão, para sair do tradicional. Eles atendem com reserva antecipada feita por uma página no Facebook e apesar de tudo ser simples e de sua história complicada, a mesa hoje é bem farta, assim como era a da avó.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

<VIA Draft>

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,779SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecido ajuda idosa a comprar toca-fitas para escutar as músicas de Roberto Carlos

Se você tem 30 e poucos anos com certeza sabe o que é um toca-fitas, aquele aparelho que a gente usava para escutar músicas...

Jovens jogadores da Espanha consolam adversários japoneses após derrota

Acabamos de ver incríveis exemplos de solidariedade e fair-play durante os Jogos Olímpicos, como esse aqui. Mas esses gestos não terminam quando as Olimpíadas acabam...

Garoto escreve carta para Lego e recebe resposta sensacional

A Lego vem se mostrando uma especialista em atender bem seus consumidores e fãs, lembram do presente que ela mandou à criança que não...

Designer transforma skates velhos em lindas guitarras coloridas

Quem anda de skate sabe que, infelizmente, eles uma hora quebram e viram lixo. Mas não nas mãos do designer Nick Pourfard, que uniu suas duas...

A história do rapaz de Glorinha que criou uma armadura hidráulica

No pátio da Escola Municipal Ary Soares em Glorinha, Região Metropolitana de Porto Alegre, Gislaine Oliveira Santos, vice-diretora da instituição explica para um grupo...

Instagram

Ateliê Sustenta CaPão, uma padaria que tem uma mão na massa e a outra na sustentabilidade 4