Você precisa conhecer esse roteiro de atividades da cultura de Paraty e Ubatuba

Agroecologia, oficina de arco e flecha, roda de conversa com mestre griô e apresentações de jongo e ciranda são algumas das atividades que integram o roteiro Raízes do Brasil, que acontece em Paraty (RJ) e Ubatuba (SP) entre os dias 09 e 15 de julho de 2017.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O objetivo é oferecer aos visitantes uma imersão na cultura e na rotina das comunidades tradicionais de Paraty.

Três comunidades fazem parte da programação: a Ilha do Araújo, segunda maior ilha de Paraty e habitada por uma comunidade caiçara; a aldeia Boa Vista, de Ubatuba, onde vivem cerca de 40 famílias Guarani Mbya; e o Quilombo da Fazenda, também de Ubatuba.

-A experiência inicia no dia 09, com uma recepção no centro de Paraty e na manhã seguinte os viajantes partem para a Ilha do Araújo, onde permanecerão por dois dias.

-Lá, terão a oportunidade de conhecer as ervas medicinais da Ilha, acompanhar o preparo de refeições típicas caiçaras e participar de uma roda de ciranda, dança tradicional de Paraty.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

-No quarto dia, os participantes seguem para a Aldeia Boa Vista, onde além da oficina de arco e flecha, também irá acontecer uma roda de conversa com o cacique Altino e uma vivência na casa de reza, local em que os Guarani da comunidade se reúnem diariamente no fim do dia. A Aldeia tem o nome de Boa Vista por conta da paisagem exuberante que recebe os visitantes na entrada da comunidade, de onde se pode ver parte da praia de Prumirim.

-A última comunidade a ser visitada é o Quilombo da Fazenda, que está localizada em meio à reserva da Mata Atlântica e já tem alguns anos de trabalho com agroecologia – uma das experiências oferecidas pelo Raízes.

Uma roda de conversa com o mestre griô Zé Pedro, oficina de artesanato e visita à Casa de Farinha também integram a programação oferecida pelo Quilombo. A última noite da semana prevê também uma celebração com muita dança e batuque em uma apresentação de jongo, herança africana da comunidade.



O Raízes do Brasil é um roteiro pensado e desenvolvido pela Samaúma, agência de de turismo consciente, que oferece vivências com foco na cultura brasileira e no desenvolvimento sustentável.

Com os roteiros, criados em conjunto com as comunidades, os turistas podem conhecer em profundidade a cultura local, além de conhecer os locais pelo olhar de seus moradores.

A agência trabalha também com um fundo de apoio a futuros projetos, visando a autonomia desses grupos.

Ao optar pelo turismo de base comunitária, o visitante contribui para o fortalecimento da cultura, para a geração de renda e para a permanência dessas comunidades em seus territórios.

O turismo, quando é feito de forma sustentável, ajuda a comunidade a preservar a nossa história e a nossa cultura“, acredita Zé Pedro, morador do Quilombo da Fazenda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Raízes do Brasil

09 a 15 de julho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paraty/RJ e Ubatuba/SP

Telefone:  (24) 99880-2124 e (51) 99247-1612

Email: [email protected]   

Fotos: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,847,081SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ladrão se arrepende e devolve pertences com bilhete de desculpas

A auxiliar de serviços gerais Eva da Silva Alves, 36 anos, foi abordada por um homem que exigiu todos os seus pertences no bairro Jardim...

A inteligência artificial aplicada à medicina pode salvar muitas vidas

O big data combinado com a inteligência artificial, podem ser a próxima revolução na medicina, visando a cura de doenças e uma longevidade maior. Narramos...

Milionário chinês retorna à sua antiga vila e substitui cabanas por prédios de luxo gratuitamente para as pessoas

Conheçam Xiong Shuihua, um chinês de 54 anos que teve uma infância humilde, morando numa pequena vila que só havia barracos e muita lama....

Skatista cego supera seus limites todos os dias!

Nesse vídeo somos surpreendidos com a história de Tommy Carroll, que anda de skate desde os 10 anos, e ficou cego desde que tinha...

Como este casal de idosos viaja o mundo sem um tostão há 20 anos

Mary e Alan mostram que é possível: "Você é livre agora e suas decisões vem do seu coração, não da sua cabeça”.

Instagram