Um ato de gentileza no metro tornou-se uma cadeia de boas ações

Kay Brown, uma jovem de 26 anos, estava no metrô de Nova York quando notou uma mulher sem-teto e com algum problema de saúde mental descalça, e fez um lindo ato de gentileza.

Na mesma hora, Kay perguntou para a senhora quanto ela calçava e foi assim que esse ato de gentileza começou e que foi contada nas palavras e imagens da própria Kay, confira:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Uma sem-teto mulher, portadora de deficiência mental estava descalça no metrô. Sem meias, sapatos ou qualquer coisa. Perguntei o tamanho que ela usava e que eram os mesmos que os meus. Eu dei então meus sapatos e eles se encaixam perfeitamente. Ela não poderia ter sido mais agradável.

E eu estava já a 15 minutos no metrô com minhas meias coloridas um par de cada pé, quando um rapaz me ofereceu um par de meias extras para colocar em cima das minhas pequenas e finas.

Leia também:

Menino de 5 anos corta o cabelo igual do amigo para tentar enganar professora

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gari vira herói de criança autista ao pular no rio e salvar sua boneca

Você vê, eu posso comprar outro par de sapatos amanhã. E ele provavelmente tem muitas meias em casa. É o mês de novembro e ela não tem para onde ir, então o mínimo que eu poderia fazer é dar-lhe um par de sapatos. Então, eu andei 6 quarteirões até em casa vestindo meias e recebendo olhares estranhos e comentários feitos sobre mim… mas agora ela é capaz de usar um par de sapatos a cada dia e sofrer um pouco menos.”

Este ato de bondade não foi o primeiro de Kay. Ela ajuda o Fly for MS com os seus esforços de mídia social e voluntariado em organizações dedicadas à alimentação dos sem-teto.

Ela disse ao programa Today: “Eu sou realmente grata por ter pais incríveis que me ensinaram a sempre fazer o bem para o mundo. Com tudo o que está acontecendo no mundo agora, ver o sorriso no rosto dessa mulher foi o melhor. ”

Um ato de gentileza no metro tornou-se uma cadeia de boas ações

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um ato de gentileza no metro tornou-se uma cadeia de boas ações 2

Um ato de gentileza no metro tornou-se uma cadeia de boas ações 3

Um ato de gentileza no metro tornou-se uma cadeia de boas ações 4

Fonte: Magazine Good

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,225,343SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Seu Roberto, idoso ‘adotado’ por vizinhas, recebe segunda dose da vacina contra a Covid-19

Você se lembra do fofo seu Roberto, 79 anos, lá de São Paulo (SP)? Ele vivia sozinho em condições precárias e foi 'adotado' por...

Após casamento, casal LGBT deixa as ruas e ganha casa própria

Jaqueline, uma mulher trans, e Vitor são ex-moradores de rua.

Apesar de tudo que aconteceu em 2016, a tendência para a humanidade é muito positiva

Em 1950, um quarto da população mundial já havia saído da situação de extrema pobreza. Hoje esse numero já é de 90%.

[VÍDEO] HERÓI! Com vara de pescar, homem resgata criança à deriva em rio da Ucrânia

Um pescador ucraniano utilizou sua perspicácia e os equipamentos que o cercavam para resgatar uma criança que estava à deriva em bloco de gelo...

Casal de PE adotou 3 filhas adolescentes e discorda do termo ‘adoção tardia’

Nunca é tarde para amar e ser amado. É possível amar um filho de qualquer idade”

Instagram