Atriz paraplégica dá lição de superação

Há 12 anos, Tabata Contri sofreu um acidente de carro e ficou paraplégica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, ao contrário do que muitos poderiam esperar, isso não mudou completamente a sua vida; apenas um pouco. Porque Tabata não acredita que a deficiência é o que a define. “Adquirir uma lesão não muda quem a gente é. Eu sou a mesma de antes, só que antes eu estava em pé, agora estou sentada.”

A paulistana de 31 anos hoje trabalha como atriz e como consultora para pessoas com deficiência. “Fui fazer teatro super despretensiosamente. […] Me tornei atriz e fui a primeira atriz cadeirante do Brasil a fazer uma novela”.

Conheça a linda história de Tabata, que diz que “não é a deficiência que define quem você quer ser ou quem você pode ser” e que fez tudo o que quis nos 12 anos após seu acidente.

Vale a pena ver o vídeo da história dela clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tem também uma entrevista dela por conta da sua participação como atriz em uma novela brasileira:

É ou não é, uma grande razões para acreditar?

Dica da Yasmin Feliciano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,500,572SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai ajuda filha aflita e promove um final emocionante

Esse vídeo é uma propaganda da empresa peruana Promart Homecenter, uma rede de lojas especializada em produtos para casas, como materiais para construção, decoração, móveis e...

Mulher viaja 3000 quilômetros até Curitiba para fazer doação de medula óssea para desconhecido

Amanda Geyza dos Santos Nogueira viajou incríveis 3.000 km (apenas de ida!) para fazer uma doação de medula óssea na qual se ofereceu como...

Nos EUA, policiais abordam imigrantes que estavam vendendo maçã do amor para… abraçá-los e oferecer um peru

Um vídeo postado na página do Facebook, Militar News, está fazendo sucesso nas redes sociais e já chegou a mais de 9 milhões de...

Mulher que recolhia latinhas se torna coordenadora de curso EAD

A ex-recepcionista paulista Daniela Roberta Tavernaro, de 38 anos, tinha um sonho em sua juventude: poder cursar uma faculdade. No entanto, seu tempo e...

Conheça o projeto que luta para combater o HIV entre jovens da periferia de SP

O coletivo Organização Social Identidade Periférica (OSIP) nasceu em novembro de 2020 com o objetivo de facilitar o acesso dos jovens à profilaxia pré-exposição...

Instagram