Projeto ‘Adote Um Aluno’ dá aulas gratuitas em 6 praças do RJ

Tudo começou com um professor voluntário e uma plaquinha colada na mesa de uma praça de Botafogo: “Tiro dúvidas de matemática e física. (grátis)”. Era março de 2018.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O dono da ideia de sentar-se em uma área pública para dar aulas de reforço a quem se interessasse era Silvério da Silva Morón, 65 anos. Nascia ali o projeto Adote Um Aluno.

Levou dois dias para o primeiro aluno aparecer e tirar dúvidas. Passando por ali, uma senhora viu a cena, fez uma foto e postou no Facebook com a legenda: “O que dizer desta foto? Só que encheu meu coração de amor e esperança”. A imagem viralizou na internet, com mais de 50 mil compartilhamentos.

professor com alunos aulas praça rio de janeiro
Silvério com outros voluntários e alunos em uma das praças onde leciona, na Praia do Flamengo. Foto: Reprodução/Facebook

Desde então, o projeto só vem crescendo. No último sábado (12), a praça Tobias Barreto, em Vila Isabel, recebeu sua aula inaugural – já com 12 professores voluntários. É a sexta praça no Rio a oferecer aulas gratuitas pelo projeto Adote Um Aluno. As outras ficam em Botafogo, Flamengo, Bairro Peixoto (Copacabana), Grajaú e Barra. Uma outra praça, em Maricá (RJ), também faz parte do projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

professora voluntária dá aulas estudante praça rio de janeiro
Projeto chegou a Maricá (RJ), onde a professora Izabel oferece aulas de redação, português, inglês e literatura. Foto: Reprodução/Facebook

Fora as mensagens que recebo de pessoas querendo levar o Adote Um Aluno para outras cidades, como já recebi do interior do Pará e de Belo Horizonte. Mas nestas não sei se houve continuidade”, explica Silvério.

A ideia, simples e de fácil execução, já conta com 60 professores voluntários e quase 400 alunos cadastrados, com idades que vão de 7 a 94 anos. Alguns passam apenas para ter uma aula ou tirar uma dúvida. Outros são estudantes frequentes.

professora voluntária dá aulas estudante praça rio de janeiro
Dona Nilda, 94 anos, sendo alfabetizada pela professora Heloísa. Foto: Reprodução/Facebook

Silvério, engenheiro de formação, dava aulas particulares de física e matemática há 14 anos quando se mudou para Botafogo e decidiu separar três horas de seu dia para oferecer aulas gratuitas em uma praça pertinho de sua nova residência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neste tempo todo dando aulas privadas, nunca havia tido um aluno sequer da rede pública municipal ou estadual. Quis fazer algo pela minha cidade. Acho que a educação é o caminho”, conta o idealizador do Adote Um Aluno.

Ele não imaginava que o projeto ganharia a dimensão que tomou em sua vida: atualmente Silvério dedica todas as manhãs, de segunda a sexta-feira, a dar aulas revezando-se em três praças da cidade.

O meu sonho é que cada bairro tenha uma praça desenvolvendo a educação. E isso só depende da adesão de voluntários. Se queremos uma sociedade melhor, mais bem educada, será que não podemos ajudar? É o povo fazendo pelo povo”, diz Silvério.

Conteúdo do Rio de Boas Notícias, site parceiro do Razões.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,811,797SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“O aniversário é meu mas o presente é você”: neto leva avô para viajar e curtir a praia [VIDEO]

"O aniversário é meu mas o presente é você". Foi com essas palavras que Kennedy Rayel homenageou o avô em um post comovente compartilhado...

Paris vai transformar estação de metrô abandonanda em piscina

Quem vive em grandes cidades sabe que há um número bem expressivo de espaços abandonados ou, pior ainda, alguns que nunca nem forma usados,...

Bisavós celebram aniversário de neto se vestindo como os personagens de “Up”, seu desenho favorito

Apesar de Richard e Caroline, ambos de 90 anos, nunca terem visto o filme, eles ficaram mais do que felizes em participar.

Menina junta lacres de latinhas para comprar cadeira de rodas para idosos

Betina Motta Lopes tem apenas 8 anos e há um ano junta lacres de latinhas de refrigerante, suco ou cerveja para trocá-los por cadeiras...

Mineira cria serviço de reparos domésticos somente entre mulheres

Ana Luisa Monteiro, uma mineira de 26 anos, criou o mAna, um serviço feito "de mulher pra mulher". Após sentir medo durante uma entrega de botijão de gás...

Instagram

Projeto 'Adote Um Aluno' dá aulas gratuitas em 6 praças do RJ 3