Austrália reduz em 80% o consumo de sacolas plásticas descartáveis em apenas três meses

Por The Greenest Post

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As sacolas plásticas, apesar de parecerem inofensivas e serem adoradas pelos brasileiros já que é possível reaproveitá-las como lixo, é uma das principais vilãs quando o assunto é vida marinha. Baleias e tartarugas morrem aos montes por ingerir tanto plástico e boa parte deles são sacolinhas de supermercado.

Para cortar o mau pela raíz, vários países já tomaram medidas drásticas: o Quênia, por exemplo, decidiu punir fabricantes e usuários de sacolas plásticas. A Escócia já economiza 650 milhões de sacolas plásticas ao ano com legislação nova e Indonésia já aderiu às sacolas biodegradáveis e comestíveis.

Após três meses com dois dos três principais supermercados do país banir as sacolas plásticas de seus estabelecimentos, a Austrália conseguiu reduzir em 80% o uso de sacolas plásticas descartáveis – estima-se que aproximadamente 1.5 bilhão de sacolinhas foram poupadas com a ação.

Leia também: Austrália distribuirá kits de energia solar (de graça!) para 50 mil residências

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No começo os consumidores não gostaram de ter que comprar sacolas reutilizáveis por 0.15 centavos de dólares australianos – aproximadamente 0.40 centavos quando convertidos em reais. Alguns supermercados chegaram a voltar atrás na decisão, mas logo retomou a ação por pressão de ativistas a favor do meio ambiente.

Mas foi uma questão de tempo pois hoje os principais mercados do país já não distribuem sacolas descartáveis para realização de compras. Apenas um dos estados australianos ainda não baniram/taxaram as sacolinhas.

Foto: MabelAmber/ Creative Commons

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pedreiro encontra dinheiro em casa destruída, o devolve e é recompensado com emprego na Prefeitura (Argentina)

Saúl Jiménez tem 31 anos e é um pedreiro em General Alvear, na Argentina. Todo o dinheiro que ganha, sustenta com um pouco de...

Acabou a saudade: primeiro trailer do live-action de ‘O Rei Leão’ é liberado!

A gente não estava preparado pra chorar assim tão cedo 😭 Pega o lenço e veja!

Brasileiro cria filtro para bueiros de rua não entupirem

Um problema crônico das grandes cidades brasileiras atualmente é a má escoação de água da chuva para a rede de esgoto. A vazão da água...

Estudante faz sucesso no YouTube com dicas de construção e reforma

Paloma faz todas as reformas da sua casa e foi durante uma dessas reformas que ela teve a ideia de criar um canal no YouTube para compartilhar tudo o que sabe sobre uma atividade dominada pelos homens.

Uma garrafa que transforma água imunda em totalmente potável

Michael Pritchard é um expert em tratamento de água, que mostrou-se totalmente indignado com a forma que a população da Ásia estava vivendo depois...

Instagram

Austrália reduz em 80% o consumo de sacolas plásticas descartáveis em apenas três meses 4