Austrália reduz em 80% o consumo de sacolas plásticas descartáveis em apenas três meses

Por The Greenest Post

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As sacolas plásticas, apesar de parecerem inofensivas e serem adoradas pelos brasileiros já que é possível reaproveitá-las como lixo, é uma das principais vilãs quando o assunto é vida marinha. Baleias e tartarugas morrem aos montes por ingerir tanto plástico e boa parte deles são sacolinhas de supermercado.

Para cortar o mau pela raíz, vários países já tomaram medidas drásticas: o Quênia, por exemplo, decidiu punir fabricantes e usuários de sacolas plásticas. A Escócia já economiza 650 milhões de sacolas plásticas ao ano com legislação nova e Indonésia já aderiu às sacolas biodegradáveis e comestíveis.

Após três meses com dois dos três principais supermercados do país banir as sacolas plásticas de seus estabelecimentos, a Austrália conseguiu reduzir em 80% o uso de sacolas plásticas descartáveis – estima-se que aproximadamente 1.5 bilhão de sacolinhas foram poupadas com a ação.

Leia também: Austrália distribuirá kits de energia solar (de graça!) para 50 mil residências

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No começo os consumidores não gostaram de ter que comprar sacolas reutilizáveis por 0.15 centavos de dólares australianos – aproximadamente 0.40 centavos quando convertidos em reais. Alguns supermercados chegaram a voltar atrás na decisão, mas logo retomou a ação por pressão de ativistas a favor do meio ambiente.

Mas foi uma questão de tempo pois hoje os principais mercados do país já não distribuem sacolas descartáveis para realização de compras. Apenas um dos estados australianos ainda não baniram/taxaram as sacolinhas.

Foto: MabelAmber/ Creative Commons

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,387SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal separado na Segunda Guerra Mundial se reencontra após 70 anos

A internet se emocionou com o reencontro de um casal que não se via há 71 anos. O ex-soldado norte-americano Norwood Thomas, 93, e...

Com ajuda da neta, idosa realiza sonho de ver fotografia com todos os 10 filhos reunidos

Já fazia um bom tempo que Dona Maria - ou Mãe Veia, como é carinhosamente chamada pelos netos, - sonhava em reunir seus 10...

Jovem se torna 1ª pessoa com síndrome de Down a se qualificar como montador de andaimes

Três anos atrás, Todd Scanlon, 32 anos, recebeu um curso de montador de andaimes de seu amigo Martyn Coles em sua empresa, a Coles...

Ex-segurança de hospital volta a trabalhar no local, mas como médico residente

Russell Ledet tem 34 anos e é um veterano da Marinha dos EUA. Ele trabalhou por cinco anos como segurança no Baton Rouge General...

Cientista autista emociona jurados do Shark Tank Brasil com história de superação

Michele desenvolveu um exoesqueleto para quem não pode andar e uma mão eletrônica para pessoas que perderam ou nasceram sem mãos.

Instagram

Austrália reduz em 80% o consumo de sacolas plásticas descartáveis em apenas três meses 3