Após colar aviso no carro, motorista encoraja outras mulheres no trânsito

E temos sororidade no trânsito entre as motoristas, sim senhoras! Há alguns anos a gerente de marketing Débora Correa, 34 anos, de Curitiba (PR), teve uma ideia inusitada para enfrentar o trânsito sozinha após pegar o carro pela primeira vez.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela colou na traseira do carro o seguinte aviso: “sou recém-habilitada, agradeço a paciência”.

E não é que algo que poderia virar motivo de piada, virou um incentivo para as mulheres que têm medo de dirigir?

“Muitas me relataram ter a habilitação há anos, algumas há mais de 20 anos, e que não contavam com o apoio dos maridos para perder essa insegurança”, contou Débora.

mulher em frente ao carro que colou aviso com escrito "recém-habilitada agradeço a paciência"
Na época que ela fez isso, Débora teria que pegar o carro para levar o filho para a escola, então teve a ideia. “Eu fiquei muito emocionada de ver o quanto nós temos o poder de ajudar umas às outras”. Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Outra questão apresentada pelas mulheres que procuraram Débora era o medo da reação dos motoristas com seus possíveis erros no trânsito.

“Me relataram saber que existe uma cultura machista no trânsito e que isso as deixavam inseguras e com muita vergonha”, disse.

Relacionado: Neta maquia avó com Alzheimer e transforma as visitas em tardes especiais ao lado dela

E olha que legal! Uma seguidora se inspirou nela e fez a mesma coisa. Colou no carro um aviso para os motoristas!

“Ela me relatou que foi, que conseguiu com o cartaz e que se sentia muito feliz por ter conseguido. Isso pra mim não tem preço. Até hoje me emociono em saber que consegui tocar tantas mulheres.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

depoimentos de mulheres após motorista colar aviso em carro
Fotos: Arquivo Pessoal

A união foi maior que as piadas de mau gosto

A sororidade foi o que mais brilhou nessa história, mesmo com os comentários machistas que a Débora recebeu.

“Um fato curioso foi que muitos comentários maldosos foram feitos também, na maioria por homens, falando que eu ia atrapalhar o trânsito e, que se eu não me sentisse segura, nem deveria sair de carro. O que é muito triste, já que na auto-escola não se aprende a dirigir como é realmente no trânsito, para pegar a prática é necessário sair no dia a dia.”

Relacionado: Grupo de terapia ajuda mulheres a superarem relacionamentos abusivos (SP)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Certinha, Dé, com certeza um dia eles também estiveram do mesmo lado que o seu e precisaram aprender.

“Eu sinto que esse assunto é muito mais natural aos meninos, que o pai incentiva a dirigir desde muito cedo, enquanto as meninas estão aprendendo a cozinhar com as mães. Vejo isso, hoje, mudando muito.”

Vamos respirar mais um pouco de sororidade no trânsito com os relatos que recebemos? É muita coisa linda! Olha só:

depoimento de mulher que ajudou outra mulher no trânsito
Foto: Reprodução/Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

depoimento de mulher que ajudou outra mulher no trânsito
Foto: Arquivo Pessoal

depoimento de mulher que ajudou outra mulher no trânsito
Foto: Reprodução/Instagram

[A história da Débora e tantas outras de mulheres que ajudam mulheres fazem parte de um canal especial do Razões para Acreditar e O Boticário, para mostrar que #SomosFeitasDeTodas. Acesse mais histórias como essa aqui.]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,786,495SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Gari que estudava com livros achados no lixo agora é doutor!

Dedicado à limpeza pública há mais de duas décadas, o gari Cícero Rodrigues Ferreira, 39 anos, encontrou no lixo uma oportunidade para mudar de...

Filha de produtores de banana que estudava de madrugada é aprovada em Medicina

Noemi Röder, 18 anos, foi aprovada no curso de Medicina da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul. A estudante...

Documentário sobre homofobia no Congresso busca apoio e traz família de duas mães

"Em Defesa da Família" é um documentário sobre homofobia no Congresso idealizado pela Daniella Cronemberger, jornalista e editora da Agência de Notícias da Câmara dos Deputados,...

Mulher salva motorista de caminhão em tragédia que matou Boechat: “Coragem, Leiliane”

Enquanto muitos filmavam o acidente, a vendedora Leiliane tentava salvar as vítimas.

Fotógrafo registra momentos de harmonia entre homem e natureza

Gregory Colbert é um fotógrafo canadense e diretor com talento inegável. Com o projeto Ashes and Snow, ele nos mostra fotografias coloridas em sépia tiradas...

Instagram