Avon formaliza compromisso com a ONU para combater LGBTfobia no trabalho

Com um histórico de defesa da diversidade, incluindo campanhas com a cantora Pabllo Vittar e ativista transexual Candy Mel, a Avon formalizou um compromisso com a ONU (Organização das Nações Unidas) para combater a discriminação contra lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexuais no ambiente de trabalho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A companhia aderiu aos Padrões de Conduta Empresarial da Organização das Nações Unidas. Um conjunto de diretrizes para engajar o setor privado no combate à LGBTfobia, em locais de trabalho, mercados de fornecedores e nas próprias comunidades onde vivem funcionários, clientes e parceiros de negócios.

A presidente global da Avon, Jan Zijderveld, afirma que qualquer tipo de discriminação não é bem-vinda na empresa. “Queremos ser uma empresa totalmente inclusiva, não só para os nossos funcionários, associados e revendedores LGBTI, mas também para nossos clientes e fornecedores. Criatividade e inovação são desencadeadas quando todos podem florescer”, declarou.

Os padrões de conduta da ONU foram produzidos em colaboração com o Instituto de Direitos Humanos e Negócios e se baseiam nos Princípios Orientadores das Nações Unidas sobre Empresas e Direitos Humanos. Mais de 200 companhias em todo o mundo expressaram apoio ao padrão, refletindo a ampla adesão de vários setores empresariais.

Ao expressar seu apoio, a Avon se compromete a:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

1. Respeitar os direitos humanos em todos os momentos

A Avon desenvolverá políticas, exercerá a devida diligência e corrigirá os impactos adversos para garantir o respeito aos direitos humanos das pessoas LGBTI+. A Avon também estabelecerá mecanismos para monitorar e comunicar sua conformidade com os padrões de direitos humanos.

2. Eliminar a discriminação no local de trabalho

A Avon garantirá que não haja discriminação no recrutamento, emprego, condições de trabalho, benefícios, respeito à privacidade ou no tratamento de casos de assédio.

 3. Fornecer suporte no local de trabalho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Avon fornecerá um ambiente positivo e afirmativo para que os funcionários LGBTI+ possam trabalhar com dignidade e sem estigma.

4. Impedir outras violações dos direitos humanos no mercado

A Avon não discriminará fornecedores, distribuidores ou clientes LGBTI+ e aproveitará seus negócios para evitar discriminação e abusos relacionados por parte de seus parceiros.

5. Atuar na esfera pública

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Avon contribuirá para impedir abusos de direitos humanos nos países em que opera. Ao fazê-lo, consultará as comunidades locais para identificar as medidas que podem ser tomadas – incluindo a defesa pública, a ação coletiva, o diálogo social, o apoio a organizações LGBTI+, desafiando ações governamentais abusivas.

crédito da foto: Reprodução/ONU

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,241,492SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Documentário mostra como mulheres bikers estão quebrando paradigma no Afeganistão

Quão importante é nosso direito de ir e vir? E o valor que damos à nossa liberdade? Até que ponto as escolhas são nossas? Acredito que são estas respostas...

Homem encontra filhote de passarinho ferido e passa 36 dias cuidando dele até crescer

Um homem saiu para uma corrida diária, quando encontrou um passarinho ferido. Aparentemente, ele havia caído de seu ninho, mas sua mãe ou irmãos...

Filha raspa tacos da sala e escreve declaração para pai com Alzheimer

"Escrevi bem grande para que ele não tivesse dificuldade de ler. Aquilo era o que meu coração ditou para minha mão. Fiz com tanto prazer e movida por emoção tão boa que nem percebi o tempo passar", disse Anabela Sabino.

Foto de policial confortando cavalo atropelado emociona a web

Semana passada, a foto de um policial americano abraçando uma égua ferida após ser atropelada por um caminhão em Houston, no Texas (EUA) comoveu a...

Vestido de Papai Noel, Obama distribui presentes em hospital infantil

Barack Obama protagonizou uma surpresa especial para os pequenos pacientes do Hospital Nacional Infantil de Washington: colocou um gorro de Papai Noel na cabeça, e,...

Instagram