Após filha ser morta, avós vendem cesto de cipó para sustentar os três netos e comove internautas

A vida da Dona Maria Paula e do esposo, Esnildo, mudou completamente em maio deste ano, quando a filha deles, Denia, foi assassinada com seis tiros. A moça tinha apenas 25 anos e deixou três filhos pequenos, de 7, 5 e um bebê com apenas 1 ano e sete meses.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dona Maria então resolveu assumir completamente os cuidados dos netos. Só que essa tarefa não tem sido nada fácil para ela, o esposo e o filho mais novo, de apenas 17 anos.

Lançamos uma vaquinha na VOAA para poder ajudar a Dona Maria e a família dela a ter um pouco mais de tranquilidade financeira. Clique aqui e faça a sua contribuição!

O dinheiro é para eles conseguirem comprar um carrinho, e de alguma maneira, melhorar a renda. O restante do valor será para ajudar no sustento da casa durante essa pandemia.

Idosa leva seus artesanatos em uma carroça

Dona Maria vive com a família em Vila da Glória (SC). Para poder entregar os cestos nas cidades vizinhas, aumentando um pouquinho mais a renda, ela utiliza uma carroça antiga. Só que tem sido muito difícil.

A aposentada conta que tinha um sonho junto com a filha: comprar um carro para que conseguissem levar seus artesanatos para a venda de uma forma mais fácil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu não vou desistir desse sonho, ele é uma forma de realizar o sonho dela também, que já não está mais conosco”, comenta.

cestos dona maria
Esses são os cestos produzidos por Dona Maria e o esposo!

Dona Maria e o esposo estão com a aposentadoria comprometida

Apesar de serem aposentados, toda a renda recebida do benefício está comprometida. Dona Maria contou pra gente que fez um empréstimo, no início do ano, para construir um puxadinho nos fundos de sua casa, para a filha morar com os netos pertinho dela.

Então, no momento, a única renda vem da venda dos cestos de cipó com materiais que eles mesmo retiram de uma mata nas redondezas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

familia de dona maria
Sr. Esnildo e os três netos

Como as vendas estão difíceis, devido a pandemia, eles estão preenchendo a renda com outras atividades, como roçar terrenos e pintar casas.

Dona Maria tem se esforçado para ser avó, mãe e muitas vezes psicóloga dessas crianças que sentem muita falta da mãe assassinada.

Bem pouco eu choro na frente deles, tento evitar. O de 7 anos é o que mais pergunta por ela, o que mais sente falta dela”, desabafou a idosa que ainda não sabe quem foi o criminoso.

dona maria e os netos

Enquanto Dona Maria e o esposo fabricam e vendem os cestos, o filho dele mais novo auxilia na criação das crianças. O adolescente tem epilepsia e devido ao tratamento constante, não consegue ajudar na venda de cestos na rua.

[Ocultamos os rostinhos das crianças, pois foi um pedido da assistência social pelo fato dos avós estarem em processo de guarda definitiva dos netos].

Vamos levar um pouco mais de conforto e alegria para essa família? Clique aqui e contribua com a vaquinha.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,387SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O primeiro supermercado sem embalagens descartáveis no mundo já funciona em Berlim

O universo do consumo começa a dar sinais de mudança, já vemos algumas iniciativas no Brasil com relação a produtos e empresas mais conscientes...

Bill Murray “O Penetra” invade despedida de solteiro e dá conselho inspirador

Bill Murray, o famosíssimo ator de Hollywood de "Os Caça-Fantasmas" e do filme "O Feitiço do Tempo", é famoso por suas interações criativas e diversas...

Pai canta para filho surdo e chora quando ele sorri

O americano Zach Oxendine se emocionou enquanto cantava a música "The Boy" para o filho que tem problemas de audição.

Mulher encontra família desabrigada vivendo em ônibus quebrado e resolve ajudar

Ela cedeu uma casa sua para a família passar as férias.

10 anos depois, ex-viciado devolve dinheiro e pede desculpas à loja que havia roubado

Um homem anônimo deixou um bilhete de desculpas e US$ 400 na porta de uma loja em Nashville, no Estado americano do Tennessee, no último...

Instagram

Após filha ser morta, avós vendem cesto de cipó para sustentar os três netos e comove internautas 2