Baiana filha de diarista passa em seletiva do Bolshoi e família tenta juntar dinheiro para viagem

Aspirante à bailarina, a pequena Lígia Pires, 9 anos, passou em uma seletiva regional da prestigiada Escola do Teatro Bolshoi e agora seus familiares tentam levantar fundos para conseguir viajar para a etapa nacional da seleção, que ocorrerá em Santa Catarina em outubro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lígia mora no bairro Engenho Velho da Federação, em Salvador (BA). Seu sonho é se tornar uma grande bailarina, e para isso, sua família criou uma vaquinha virtual para financiar o objetivo da menina.

Quando pequena, Liginha, como é conhecida, foi incentivada pela mãe a dançar. A diarista Daniela Pires logo enxergou que a filha tinha bastante talento no balé. Ela guarda com carinho a primeira medalha conquistada pela pequena, em um festival de dança ocorrido no início do ano.

Baiana filha diarista passa seletiva Bolshoi família tenta juntar dinheiro para viagem

“Quando eu conquistei a vaga, eu fiquei azoada, vi minha mãe chorando, meus professores chorando, eu fiquei: ‘O que eu fiz?, o que aconteceu comigo?’, porque foi uma emoção para mim. Ter passado em uma escola muito conhecida e muito boa, eu fiquei emocionada”, disse a garota.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Bailarina vende brigadeiros no trem para custear viagem internacional

Compradas no cartão de crédito cedido pela empregadora de Daniela, as passagens totalizaram R$ 1.335. A seletiva nacional do Teatro Bolshoi ocorrerá em Joinville (SC) entre os dias 18 e 20 de outubro.

A família precisa de dinheiro não só para pagar as parcelas do cartão, mas para gastos com hospedagem e alimentação. Para bancar essas despesas, amigos criaram uma vaquinha com o objetivo de arrecadar R$ 3 mil. A campanha de financiamento coletivo tem sido um sucesso absoluto até aqui: foram arrecadados R$ 12 mil até o momento.

Leia também: Crianças de comunidade carente de Curitiba são surpreendidas com lanche e agasalho na volta às aulas

“É uma viagem que não dá para a gente bancar, infelizmente. Eu sou diarista, o que eu recebo é equivalente a um salário mínimo para sobreviver. Moro de aluguel, e infelizmente não dá para custear as passagens, viagens e enfim”, disse a mãe de Lígia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hoje agradeço por todas as quedas, todas as lágrimas derramadas, pois me ajudaram a chegar até aqui, que é onde sou feliz! Hoje vou escolher sorrir porque só a felicidade combina comigo. #Gratidão Deus 🙏🙏🙏 @uandsonglauber @audazdevaneio #nilmara Rocha @gaa.pinheiro @deyseofficiall #dança comteporanea @koruciadedanca

Uma publicação compartilhada por Lígia Pires 💃 (@liginhadance) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Voz da Bahia/Fotos: Reprodução/TV Família Bahia

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,765,320SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino autista pede ao Papai Noel que seu amigo, também autista, aprenda a falar

"E esse foi o pedido de Natal do meu filho Rafael, que é autista. Ele pediu que seu amiguinho, João, também autista, porém não verbal, falasse", disse sua mãe, Carina.

Policial dança até o chão com participante da Parada Gay em NY

Um policial do Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) celebrou junto com os participantes da última Parada Gay que aconteceu nesse fim de...

Todos os dias, idoso passeia calmamente com seu cachorrinho deficiente: ‘Um passo de cada vez’

Todos os dias pela manhã, um idoso sai para passear com seu cachorrinho de estimação, que precisa de um carrinho de rodas para se...

Vaquinha para ajudar idoso que vive em situação precária bate meta em 40 minutos

Todo valor arrecadado vai para a reforma da casa do idoso que tomava banho gelado no tanque de casa.

Médico devolve visão a mais de 100 mil pessoas em situação vulnerável no Nepal

O oftalmologista nepalês Sanduk Ruit decidiu cursar medicina ainda quando criança, ao ver seus irmãos falecerem em decorrência de doenças fáceis de curar com...

Instagram