Homem deixa de alugar cadeiras para emprestá-las às pessoas que ficam na fila da Caixa na BA

Wellington Gonçalves tem um negócio pequeno que aluga cadeiras e mesas para eventos em Salvador (BA).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sem trabalho, já que eventos estão proibidos por causa da pandemia, Wellington, 40 anos, resolveu emprestar suas cadeiras para as pessoas que chegam na Caixa Econômica Federal de Periperi buscando auxílio emergencial, e ficavam horas na fila de pé.

Vaquinha para ajudar Wellington que está sem renda há dois meses. Clique aqui e doe.

Eu disse emprestar? Sim!

homem levando cadeiras pessoas fila caixa econômica federal
Wellington empresta as cadeiras do seu negócio para as pessoas na fila da Caixa. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele até que poderia cobrar um valor, nem que fosse um valor simbólico, mas Wellington faz isso de coração.

Muitas pessoas, até parente meu, ficavam horas e horas na fila. Eu vi que poderia ajudar de alguma forma. Como eu tenho cadeira e não estava alugando, resolvi emprestar”, explica.

Wellington conta que as pessoas ficam surpresas quando ele diz que as cadeiras são de graça.

“Eu digo ‘é de graça’. Existem pessoas que se aproveitam desse momento pra lucrar, e eu fiz voluntariamente”, destaca, reforçando que o momento pede solidariedade.

pessoas sentadas cadeira fila caixa econômica federal
Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vaquinha para ajudar Wellington que está sem renda há dois meses. Clique aqui e doe.

O microempresário levanta da cama junto com o sol para fazer a boa ação. E só volta para casa no final da tarde.

“Eu chego 5h da manhã e saio de tarde, 16h, 17h.”

Infelizmente, teve um episódio que deixou Wellington bastante chateado. Dezoito cadeiras desapareceram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Porém, ele não pensa em parar a boa ação, “eu sou uma pessoa assim, acontece as coisas, eu sou persistente, eu não desisto”. 👏

mulher e homem estendendo braços sentados cadeiras frente caixa econômica federal
A boa ação do Wellington chegou pra gente pela repórter e apresentadora Driele Veiga. Foto: Reprodução/Instagram @drieleveiga

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Funcionários voltaram das férias, mas falta trabalho

Wellington emprega três funcionários. Ele deu férias antecipadas, mas a equipe já voltou.

“Com isso tudo, a gente está sem poder trabalhar. Eles já chegaram de férias, e não tem o que fazer. Pedindo a Deus que isso passe logo e ocorra tudo bem.”

Carretos

Wellington faz um carreto aqui, outro ali, pra conseguir um dinheirinho e poder pagar as contas.

“Eu tô me virando, e procurando também ficar mais isolado. Não saindo de casa, procurando fazer só o mais necessário. Agora que eu tô mais na rua, fazendo essa ação.”

Essa é a mensagem que Wellington deixa pra gente: fique em casa, faça como ele, só saia quando for necessário.

Vamos ajudar o Wellington para que ele saia de casa apenas pra fazer o bem? Clique aqui e contribua.

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

MC arrecada R$ 61 mil para menino torturado dentro de barril: “A primeira doação foi minha”

O cantor de funk, MC Di Magrinho, arrecadou mais de R$ 60 mil para o menino de 11 anos acorrentado pela família dentro de...

Jovem que vive com venda de balas tem mercadoria apreendida pela prefeitura e internautas ajudam com vaquinha

A Priscila Gomes é uma jovem de 18 anos que que trabalha vendendo balas no semáforo no Rio de Janeiro. Para ajudá-la, criamos uma vaquinha...

Estudo mostra o quanto estereótipos atrapalham a vida da mulher e atrasam a equidade de gênero

Enquanto ainda existem pessoas acreditando no famoso “mimimi feminista”, outros vão em busca de dados que comprovam as teorias. Recentemente saiu um estudo que...

Policial americano auxilia mulher a terminar os últimos 4km de corrida

Asia Ford, moradora de Louisville, vem recebendo atenção da internet por conta da ajuda que teve na corrida Rodes City Run que aconteceu nesse...

Árbitro decide paralisar partida entre Vasco e São Paulo após gritos homofóbicos

O jogo entre Vasco e São Paulo pela 16ª rodada do Brasileirão precisou ser interrompido abruptamente pelo árbitro Anderson Daronco neste domingo (25), por conta...

Instagram

Homem deixa de alugar cadeiras para emprestá-las às pessoas que ficam na fila da Caixa na BA 1