Homem deixa de alugar cadeiras para emprestá-las às pessoas que ficam na fila da Caixa na BA

Clique e ouça:

Wellington Gonçalves tem um negócio pequeno que aluga cadeiras e mesas para eventos em Salvador (BA).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sem trabalho, já que eventos estão proibidos por causa da pandemia, Wellington, 40 anos, resolveu emprestar suas cadeiras para as pessoas que chegam na Caixa Econômica Federal de Periperi buscando auxílio emergencial, e ficavam horas na fila de pé.

Vaquinha para ajudar Wellington que está sem renda há dois meses. Clique aqui e doe.

Eu disse emprestar? Sim!

homem levando cadeiras pessoas fila caixa econômica federal
Wellington empresta as cadeiras do seu negócio para as pessoas na fila da Caixa. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele até que poderia cobrar um valor, nem que fosse um valor simbólico, mas Wellington faz isso de coração.

Muitas pessoas, até parente meu, ficavam horas e horas na fila. Eu vi que poderia ajudar de alguma forma. Como eu tenho cadeira e não estava alugando, resolvi emprestar”, explica.

Wellington conta que as pessoas ficam surpresas quando ele diz que as cadeiras são de graça.

“Eu digo ‘é de graça’. Existem pessoas que se aproveitam desse momento pra lucrar, e eu fiz voluntariamente”, destaca, reforçando que o momento pede solidariedade.

pessoas sentadas cadeira fila caixa econômica federal
Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vaquinha para ajudar Wellington que está sem renda há dois meses. Clique aqui e doe.

O microempresário levanta da cama junto com o sol para fazer a boa ação. E só volta para casa no final da tarde.

“Eu chego 5h da manhã e saio de tarde, 16h, 17h.”

Infelizmente, teve um episódio que deixou Wellington bastante chateado. Dezoito cadeiras desapareceram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Porém, ele não pensa em parar a boa ação, “eu sou uma pessoa assim, acontece as coisas, eu sou persistente, eu não desisto”. 👏

mulher e homem estendendo braços sentados cadeiras frente caixa econômica federal
A boa ação do Wellington chegou pra gente pela repórter e apresentadora Driele Veiga. Foto: Reprodução/Instagram @drieleveiga

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Funcionários voltaram das férias, mas falta trabalho

Wellington emprega três funcionários. Ele deu férias antecipadas, mas a equipe já voltou.

“Com isso tudo, a gente está sem poder trabalhar. Eles já chegaram de férias, e não tem o que fazer. Pedindo a Deus que isso passe logo e ocorra tudo bem.”

Carretos

Wellington faz um carreto aqui, outro ali, pra conseguir um dinheirinho e poder pagar as contas.

“Eu tô me virando, e procurando também ficar mais isolado. Não saindo de casa, procurando fazer só o mais necessário. Agora que eu tô mais na rua, fazendo essa ação.”

Essa é a mensagem que Wellington deixa pra gente: fique em casa, faça como ele, só saia quando for necessário.

Vamos ajudar o Wellington para que ele saia de casa apenas pra fazer o bem? Clique aqui e contribua.

selo conteúdo original

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,026,653FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,997SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram