Dezenas de baleias azuis são vistas na Antártida pela 1ª vez em 40 anos

Após 60 anos de caça desenfreada às baleias azuis e jubarte, o litoral da Ilha Geórgia do Sul, na costa da Antártida, virou um lugar vazio e abandonado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A caça foi proibida em 1982 com a assinatura de um grande acordo internacional.

Trinta e oito anos depois, um grupo de pesquisadores da British Antarctic Survey (BAS) descobriu que essas baleias estão retornando ao local – em grande número! – repovoando a Ilha Geórgia do Sul.

baleias azuis são vistas Antártida primeira vez quarenta anos
Baleias azuis são avistadas na Ilha da Geórgia do Sul. Foto: Michael L. Baird, CC

Décadas de proteção e forte pressão do movimento ambientalista permitiram que as baleias azuis, até então ameaçadas de extinção, pudessem se reproduzir e repovoar a região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um milagre, pois 97% delas foram mortas pela caça ilegal até os anos 1980.

Em 2018, uma expedição da British Antarctic Survey registrou apenas 1 avistamento e algumas confirmações acústicas (som emitido) de baleias azuis. Neste ano, uma nova expedição registrou 36 avistamentos e 19 confirmações acústicas – 55 ao todo!

“Para uma espécie tão rara (baleia azul), esse é um número sem precedentes de avistamentos e sugere que as águas da Geórgia do Sul permanecem um importante local de alimentação para essas espécies raras e pouco conhecidas”, diz um comunicado para imprensa publicado no site da British Antarctic Survey.

A expedição de 2020 também encontrou evidências de uma comunidade incrível com 20 mil baleias jubarte!

“Após três anos de pesquisas, estamos emocionados ao ver tantas baleias retornando à Geórgia do Sul para se alimentar novamente”, diz a líder da equipe, Dra. Jennifer Jackson, bióloga de baleias no BAS.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Este é um local onde a caça ilegal foi realizada extensivamente. Está claro que a proteção a favor das baleias funcionou“, concluiu.

Durante o Mês da Mulher, nós aqui do Razões junto com O Boticário contaremos histórias de mulheres que ajudam mulheres. Vamos falar sobre essa linda rede de apoio, para mostrar que #SomosFeitasDeTodas. Acesse as histórias aqui.

Fonte: GNN

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Dezenas de baleias azuis são vistas na Antártida pela 1ª vez em 40 anos 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,983,904SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Publicitários criam campanha para incentivar doações a entregadores de apps

Uma dupla de publicitários paulistas criou uma campanha para incentivar doações e valorizar o trabalho dos entregadores de aplicativos. Filipe Rosado e Felipe Revite, ambos...

Menino ganha prótese inspirada no Hulk e abraça irmão pela 1ª vez

Um garoto de cinco anos conseguiu abraçar seu irmão pela primeira vez após ganhar um braço protético inovador. Jacob Scrimshaw mora na Inglaterra com os...

Amigos resgatam “gatinho” perdido na neve e descobrem que animal é raro

Ele parece mesmo um gatinho e é, mas não o gatinho que dois amigos imaginavam que fosse. Mas sim um felino ameaçado de extinção....

Pelo fim das noites sem carinho: esse sofá te abraça sempre que precisar

Sabe aqueles dias que você não está a fim de ver ninguém, mas também daria seu mundo por um abraço reconfortante? Agora é possível fazer...

Bilhete de avó para neto ensina sobre amar acima do tempo

O tempo voa e leva junto oportunidades que não voltam mais.

Instagram

Dezenas de baleias azuis são vistas na Antártida pela 1ª vez em 40 anos 4