E se fosse no Brasil? Barraca sem atendente em sítio no PR encanta moradores e turistas

0
1433

Geleia, mel, pimenta, pães, torradas e outros produtos frescos. É só escolher e deixar o dinheiro no caixa da barraquinha que fica bem na entrada do sítio São Francisco, no município de Doutor Camargo, no Norte do Paraná.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O cartaz com a frase “Nós confiamos na sua honestidade” já diz tudo: sem atendente, o negócio funciona com o sistema de autoatendimento.

E é para lá que nós vamos junto à Stone no quinto episódio da websérie E se fosse no Brasil?, que mostra negócios que muitos acreditam não dar certo no país – e dão!

potes de mel e pimenta em prateleira de barraca sem atendente
Barraquinha confia na honestidade dos clientes. Foto: reprodução/Facebook SITIO São Francisco – Turismo Rural

potes de mel e pimenta em prateleira de barraca sem atendente
Foto: reprodução/Facebook SITIO São Francisco – Turismo Rural

Wilson Jardinetti e Virlene Jardinetti, proprietários do Sítio Francisco, decidiram trocar a vida urbana em Maringá – ele era sócio de uma empresa de retífica e venda de turbinas para picapes; ela, doutora em agronomia, desenvolvia pesquisas em programas de pós-graduação – pela vida no campo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pegaram suas economias e compraram a propriedade de nove hectares. De pouco em pouco, transformaram o local, no lugar do pasto, cultivaram uma horta orgânica e um pomar, também orgânico.

lousa de barraca sem atendente para clientes registrarem visitas
Foto: reprodução/Instagram @sitiosaofranciscoturismo

Até que pudessem abrir o sítio para o turismo rural, Wilson e Virlene tiveram a ideia de vender as delícias produzidas com leite de vaca Malhada, algumas frutas e outros vegetais.

Mas aí se viram diante de um problema: quem venderia os produtos? Afinal, estavam bastante ocupados com outros afazeres do sítio. Foi então que apostaram no autoatendimento e na honestidade dos futuros clientes.

Os produtos são colocados nas prateleiras da barraquinha (parece um chalé, né?) bem cedo, aos sábados, domingos e feriados. Caso necessário, é abastecida durante o dia. Ao anoitecer, a família recolhe os itens.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E tem dado muito certo, viu? A barraquinha está lá há mais de três anos, sem desfalques no caixa, e com certeza é uma das grandes atrações do sítio. 😍

Só para te deixar com mais vontade ainda de conhecer o lugar, dá o play!

 

View this post on Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar)

E você, tem ou conhece algum negócio para colocar no mapa do ESFNB? Envie para [email protected]. Conheça outros exemplos de negócios que dão certo na nossa terrinha: www.razoesparaacreditar.com/esefossenobr

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.