Bauducco cria “Dia da Fatia” para ajudar crianças e jovens carentes

A Bauducco lançou o “Dia da Fatia” e funciona assim: todos os dias 25 de cada mês, que remetem a uma celebração esperada o ano inteiro, o Natal, os clientes que forem às unidades da Casa Bauducco e comprarem uma fatia de Panettone ou Chocottone estarão ajudando o Instituto Fazendo História.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para quem não conhece, desde 2005, a ONG promove uma rede de cuidado e afeto para transformar para melhor a vida de crianças e adolescentes que estão separados de suas famílias e morando em casas de acolhimento.

“O Dia da Fatia nasceu com o propósito de reforçar os vínculos afetivos, investindo em um programa que transforma a história de vida desses jovens. E escolhemos o Instituto Fazendo História, pois é uma instituição que tem sinergia com os valores da Bauducco”, afirma Paulo Cardamone, diretor da Casa Bauducco.

bauducco dia fatia ajudar crianças adolescentes
Foto: Bauducco/Reprodução

Parte do valor arrecadado com as vendas das fatias será destinado ao programa Apadrinhamento Afetivo, que fortalece a convivência familiar e comunitária dessas crianças e adolescentes. A outra parte financiará a melhoria estrutural de um dos lares apoiados pelo Instituto – que, inclusive, irá contar com colaboradores voluntários do Grupo Pandurata – detentor das marcas Bauducco e Casa Bauducco – e por profissionais especializados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No dia 25 de dezembro acontecerá o fechamento anual da iniciativa, com a entrega do local revitalizado, proporcionando, assim, uma celebração natalina mais acolhedora a esses jovens.

bauducco dia fatia ajudar crianças
Programa Apadrinhamento Afetivo. Foto: Instituto Fazendo História/Reprodução

“O Dia da Fatia será uma data muito especial para o Fazendo História. É uma oportunidade de engajarmos mais pessoas no apoio a crianças e adolescentes na construção de vínculos afetivos tão importantes para todos, em especial no Natal, uma data para ser comemorada com pessoas queridas em um espaço acolhedor”, comenta sobre a parceria, Isabel Penteado, coordenadora geral do Instituto Fazendo História.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Autista brasileiro monta réplica da Estátua da Liberdade com 1685 peças de Lego!

"Desde o seu nascimento ele vem superando desafios, desde o diagnóstico do autismo o coloco para desafiar seus limites. [...] Ele sempre supera minhas expectativas e faz meu coração transbordar de alegria", afirma a mãe, orgulhosa.

Garotinha inclui amigo com paralisia cerebral em desenho da família: “Eles se entendem no olhar”

Allice incluiu Vitor, que tem paralisia cerebral, no desenho que fez da sua família. Essa linda amizade floresce a cada dia e nos ensina sobre generosidade e acolhimento.

Instituto que faz trabalho de inclusão social para pessoas com deficiência pede ajuda para continuar atendendo

A gente sabe que a inclusão social de pessoas com deficiência ainda é um caminho longo a se percorrer. E levantando essa bandeira mais que...

Olheiro descobre pedreiro em shopping e ele vence mesmo concurso de modelos que revelou Gisele Bündchen

De Presidente Prudente, interior de São Paulo, Peter Silva estava passeando em um shopping center com a mãe quando foi "descoberto" por um olheiro...

Cientistas brasileiros criam vacina contra dependência de cocaína e crack

Inicialmente, a vacina criada por pesquisadores da UFMG será utilizada na prevenção do abuso de cocaína por crianças e adolescentes e na luta contra o crack.

Instagram