Bebê que nasceu 113 dias antes do previsto e tinha 0% de chance de sobrevivência comemora 1º ano de vida

Beth Hutchinson estava grávida de apenas 5 meses quando complicações médicas resultaram em um parto prematuro, onde ela deu à luz o pequeno Richard.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela não sabia na época, mas em 6 de junho de 2020, Beth, de Somerset, no Wisconsin (EUA), fez história ao dar à luz o bebê mais prematuro do mundo.

bebê nasceu prematuro comemora primeiro ano de vida saudável

Pouco depois do nascimento, a equipe médica do hospital infantil de Minnesota comunicou à mulher e seu marido, Rick, que a criança que nasceu 131 dias antes do previsto tinha literalmente 0% de chances de sobrevivência na neonatologia.

Richard era tão pequeno que cabia na palma de uma mão. Seus pais nunca perderam a esperança de que ele venceria as adversidades, mas os médicos sabiam que o bebê teria que lutar muito para permanecer vivo desde o segundo em que nasceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

bebê nasceu prematuro comemora primeiro ano de vida saudável

“Eu sabia que as primeiras semanas da vida de Richard seria muito difícil, mas eu senti que, se pudesse ajudá-lo nisso, ele seria um sobrevivente”, disse a neonatologista Stacy Kern.

Foram meses de muitos exames, cuidados e acompanhamento em tempo real. Ganhando peso e tomando forma de pouquinho em pouquinho, o risco de vida de Richard foi afastado pelos mesmos médicos que, de início, não acreditavam que ele subsistiria.

Bebê que nasceu 113 dias antes do previsto e tinha 0% de chance de sobrevivência comemora 1º ano de vida 3

“A cada momento, ele ficava mais e mais forte“, disse Beth. Ao todo, foram 6 meses no hospital, até que seu organismo ficou forte o suficiente para a batalha continuar fora da unidade hospitalar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por conta das restrições impostas para frear a pandemia, a família de Richard não pôde ficar com ele no hospital em tempo integral, mas seus pais estavam lá sempre que podiam.

Bebê que nasceu 113 dias antes do previsto e tinha 0% de chance de sobrevivência comemora 1º ano de vida 4

“Nos certificamos de acompanhá-lo sempre, para lhe dar apoio”, disse o papai Rick. “Acho que isso o ajudou a superar isso porque ele sabia que podia contar conosco”, completou.

Recentemente, Richard comemorou seu primeiro aninho de uma vida que tem ficado cada vez mais leve e colorida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bebê que nasceu 113 dias antes do previsto e tinha 0% de chance de sobrevivência comemora 1º ano de vida 5

Veja também:

Fonte: Love What Matters
Fotos: Reprodução / Facebook: @rhut1r

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,811,797SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Irmãos reproduzem suas fotos de criança e se divertem

"Antes e depois" é a ideia de dois irmãos, os Luxton, de reproduzir suas fotos da infância. Quando as crianças se tornam adultas, um...

Senegalês de 11 anos cria ventilador com sucatas e movido à energia solar

O pequeno Modou Diuf, de apenas 11 anos, mora lá no Senegal e juntou um monte de bugigangas, que para alguns eram lixo, e...

Homem paga passagem para morador de rua voltar pra casa em Salvador

Quantas vezes passamos por moradores de rua, e não sabemos a história deles? Alguns podem os chamar de vagabundos, que não querem trabalhar, mas...

Vídeo inspira pessoas a doarem sangue e mostra quem são os verdadeiros heróis

A The Heart Corporation junto com a Johnson&Johnson lançam uma nova campanha para provar que o carinho tem poder de mudar o mundo. No...

Após comoção, vaquinha para avós que vendem cestos de cipó para cuidar dos netos bate R$ 94 mil

A vaquinha para os avós que cuidam dos três netos depois que sua filha foi assassinada restaura nossa fé na humanidade! A filha da dona...

Instagram

Bebê que nasceu 113 dias antes do previsto e tinha 0% de chance de sobrevivência comemora 1º ano de vida 6