Biblioteca comunitária leva lazer e cultura para moradores de Paraisópolis há 10 anos

Moradores das periferias de várias cidades do país reclamam da falta de acesso a equipamentos de lazer e cultura, como bibliotecas, teatros, salas de cinema, etc.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A carência é muito grande, mas já que os nossos governantes não cumprem com seu papel de prover esses bens, os próprios moradores dessas comunidades se organizam para preencher esse vazio de oportunidades.

Na favela de Paraisópolis, em São Paulo, a biblioteca “Becei” foi criada para levar um pouco mais de cultura aos seus moradores. A biblioteca foi criada em 1995 pelo morador Alexandre Cabral, e possui mais de 12 mil livros, além de computadores.

O acesso aos livros é totalmente gratuito. E o acesso à internet é por um preço bem acessível. A biblioteca é fortemente reconhecida na comunidade, pois ela serve de refúgio para suas crianças e jovens.

Neste vídeo, você conhece mais sobre o projeto:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que acha de conhecer a Becei pessoalmente e contribuir com a iniciativa? A biblioteca precisa urgentemente de doações de qualquer valor para continuar esse lindo trabalho! Anote os dados da conta bancária:

Banco: Caixa Econômica Federal / Agência: 1017 / Conta corrente: 003.1934-8

img-688898-gustavo-piakoski20150811121439308035 biblioteca_sp crinacas-lendo cyber-becei

Todas as imagens: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,848SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Em Palmas (TO), óleo de cozinha usado é reciclado e transformado em biodiesel

O óleo de cozinha descartado de maneira habitual, no ralo da pia pode provocar a contaminação de mares, rios e até do solo. Alguns...

Família adota irmãos que viviam em orfanato e seriam separados

A família deu um jeito para as crianças continuarem unidas.

Máquinas trocam material reciclável por dinheiro em SP, RJ, MT e AM

Já pensou se a gente pudesse trocar material reciclável por dinheiro? Pois agora é possível! A iniciativa é da Triciclo em parceria com o...

Indígenas recuperam área degradada e batem recorde de produtividade

Com selo internacional de proteção da biodiversidade, o produto é vendido hoje pra exportação e restaurantes consagrados como do chef do Alex Atala.

Idosa de 89 anos tem Alzheimer, mas não esquece do grande amor da sua vida: seu marido!

A dona Izabel Cassiano, 89 anos, foi diagnosticada com Alzheimer há 8 anos, e mesmo com as manifestações da doença, ela não esquece do...

Instagram

Biblioteca comunitária leva lazer e cultura para moradores de Paraisópolis há 10 anos 3