Bilhete carinhoso para filho que tirou nota vermelha viraliza nas redes sociais

Essa semana mostramos o poder que um bilhete carinhoso pode causar na vida de uma pessoa, como o da camareira de hotel que deixa bilhetes de boas-vindas para os hóspedes – relembre aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na última sexta-feira, após mais um dia de aula, o pequeno João Fogaça, de 10 anos, chegou em casa triste e cabisbaixo. Ele tinha motivos para estar assim: duas notas vermelhas no boletim da escola onde estuda, em Araruama (RJ).

A empresária Adriana Fogaça percebeu o ânimo do filho e resolveu tomar uma atitude. Ela deixou um bilhete, junto com chocolates, em cima da cama do menino, reforçando que ela sempre estará ao lado dele, dando apoio.

“Você é um filho maravilhoso e muito inteligente. Vamos nos esforçar juntos para você melhorar a letrinha e estudar mais um pouquinho para as próximas provas. Mamãe acredita em você!! Te amo”, diz o texto.

O efeito de um bilhete carinhoso

A irmã mais velha do pequeno, Eduarda Fogaça, de 16 anos, curtiu a ideia e decidiu compartilhar uma foto do bilhete em sua conta no Twitter. Rapidamente, o post viralizou, alcançando mais de 22 mil curtidas e mais de 8 mil retweets.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

“Eu estou espantada com a repercussão, porque achei uma coisa tão bobinha. Coloquei o bilhete com uns bombons e pronto “, afirmou Adriana ao EXTRA.

A mãe entrou no site da escola e viu que João tirava notas boas na maior parte das matérias, incluindo a matemática.

Bilhete carinhoso

“Sim, matemática é a matéria favorita dele. Já faz uns dois anos que João quer ser engenheiro. Ele gosta de fazer as contas de cabeça, mas tem preguiça de escrever, então começou a fazer caligrafia para melhorar a letra”, contou Adriana. As duas matérias que João precisa melhorar são Redação e História.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia de fazer esse tipo de agrado para os dois filhos foi inspirada pelo seu pai. “Meu pai era um homem muito espirituoso e aprendi isso com ele. Problemas todo mundo tem, mas quando a base é o amor, as tempestadas ficam mais brandas. Meus filhos acabaram sendo assim também, carinhosos”, conclui Adriana.

Foto: Arquivo Pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,491,052SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Britânico abre escola de inglês gratuita para moradores da Rocinha/RJ

Como seria bom se cada um fosse um agente transformador do lugar que escolheu para viver! O espírito de comunidade se fortalece e todos...

Kibon usa um gargalhômetro para animar os moradores da Rua da Felicidade

Sim, essa rua com o nome de Felicidade existe, ela fica em Pirenópolis - GO, e foi lá que a Kibon fez uma ação...

Sob quarentena, jovens usam drone e FaceTime em encontro virtual: ‘Cada um na sua varanda’

Em tempos de coronavírus, dois jovens descolaram um encontro completamente diferente do habitual, com direito a muito romance e criatividade! 😍 Na última segunda-feira (23),...

Trabalho voluntário gera satisfação e comprometimento entre família e escola

Kátia Generoso e os alunos da EE Prof. Luiz Gonzaga da Costa

Instagram