Bilhete de criança de 7 anos que caiu de bicicleta e riscou veículo viraliza: “Como ficar bravo?” (SC)

Da forma como sabia, o pequeno Benício, de 7 anos, deixou um bilhetinho depois que esbarrou no carro de um desconhecido, em Curitiba (PR). “Desculpa, eu bati no seu carro. Me desequilibrei da bicicleta. Aqui está o telefone do meu pai“.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E este pedido de desculpas mais sincero e inocente, viralizou na rede. O dono do veículo, Marcelo Martins, encontrou o bilhete e não resistiu. Compartilhou em sua rede social com a legenda, “Como ficar bravo com essa criança?“. Eu super te entendo Marcelo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A foto do Marcelo teve mais de 350 mil curtidas e 35 mil compartilhamentos. Benício foi procurado, já que muitas crianças fariam o contrário.

Ele disse que ficou preocupado. “Na hora eu pensei: vou parar de andar bicicleta e pronto, acabou minha vida de ciclista“, conta o garotinho.

Ele juntou dinheiro para pagar o arranhão

Segundo o pai do Benício, Marcel Weiss Hoffmann, o filho ficou muito inquieto com a situação e não sossegou enquanto não encontrou uma solução para o estrago no carro.

Ele ficou muito incomodado, ficou perguntando se ia custar caro. Ele até juntou um trocadinho dele e ficou se lamentando que o dinheirinho dele não ia dar para pagar“, conta Marcel.

Benício disse que não queria fugir do erro. Ele diz que o mundo já está “ruim demais para mais pessoas fazerem o mal“.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

benicio andando de bicicleta

 

“Honestidade grande”, diz Marcelo

Marcelo conta que não notou o arranhão no carro e que, com certeza, não notaria tão cedo.

Eu procurei de todos os lados, meu carro estava meio sujo e nem reparei. Se não fosse o bilhete eu nem tinha notado“, afirmou o dono do carro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

arranhão do carro

Segundo Marcelo, o gesto surpreendeu ele. “A gente acha que alguém que bate no seu carro pode sair correndo, ainda mais nesta idade, mas eu achei um gesto de uma doçura, de uma honestidade grande“, disse.

Marcel diz que só tem orgulho do filho. “Eu fiquei muito orgulhoso, porque a gente tenta educar para isso. Que ele seja responsável pelas ações dele no futuro, que aprenda com os erros“, afirmou o pai.

O próprio Benício afirmou que o objetivo dele era consertar o que tinha causado. “Causar o problema e deixar o problema não é bom“, completou o garoto.

Parabéns pelo seu gesto, Benício!

 

[Nota da Redação]

Estamos com um projeto especial com a Lancôme falando sobre a importância de compartilhar felicidade. Para ler todas as histórias clique aqui.

FONTE: O Tempo

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,599SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Este lindo cachorro nasceu sem olhos, mas hoje leva conforto a doentes sendo cão de terapia

Cães, OBRIGADO por existirem! Eu poderia encerrar a matéria só com essa frase, ok ok, eu sei que eu não poderia e de fato...

Feita do bagaço da laranja, seda vegana viabiliza criação de tecidos sustentáveis

Dados cruzados entre diferentes ONGs de apoio à causa ambiental apontam que a indústria da moda ocupa atualmente o segundo lugar no ranking das...

Bebê dorme no ombro de avô que teve braço amputado e vídeo causa comoção nas redes sociais

O sonho do avô era muito singelo: poder pegar o neto no colo quando este chorasse... para acalmá-lo e niná-lo até ele pegar no sono. Apenas isso.

Voluntários se unem para reformar casa de mulher que estava desempregada e passando necessidade

Uma coisa não podemos negar: o brasileiro é um povo que está sempre disposto a ajudar quem precisa e esta notícia vai te provar...

Companhia aérea vai remover 55 milhões de itens de plástico de seus voos

Para cada quilômetro percorrido por um avião, gera-se 25 quilos de dióxido de carbono ejetados na atmosfera. Até que tenhamos um suprimento melhor de...

Instagram

Bilhete de criança de 7 anos que caiu de bicicleta e riscou veículo viraliza: "Como ficar bravo?" (SC) 3