Fundadora do Canva vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões: ‘Quem precisa de tanto?’

A segunda mulher mais rica da Austrália, que até alguns anos atrás se sustentava vendendo tatuagens em spray nas ruas, agora comanda uma potência multinacional do setor de tecnologia com grandes ambições filantrópicas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Melanie Perkins é a idealizadora do Canva, uma plataforma de design gráfico do tipo “Faça Você Mesmo” (DIY) que vale mais de US$ 55 bilhões (R$ 275 bilhões), dos quais ela e o co-fundador e marido, Cliff Obrecht, possuem 30%, o que representa mais de US$ 16,4 bilhões – R$ 85 bilhões!

O crescimento impressionante de sua empresa, que gerou receita de quase US$ 1 bilhão antes do último Natal, foi impulsionado pelo isolamento social, uma vez que 60 milhões de clientes de 190 países criaram uma conta no site em meio à quarentena.

2ª mulher mais rica da Austrália vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões

Depois de um começo humilde, Melanie, de apenas 34 anos, passou a ser considerada nos círculos de tecnologia como uma visionária amigável, mas “intensa”, sempre pronta para conquistar novos parceiros e clientes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Queremos que todas as pessoas do planeta usem o Canva”, brincou ela em uma videochamada para os 2.500 funcionários da empresa em dezembro.

A empreendedora também disse aos funcionários que a empresa estava prestes a se tornar uma das companhias mais valiosas do mundo. Hoje, ela já vale mais do que a Telstra (a maior companhia australiana na área de telecomunicações).

Mas Melanie e o marido não planejam ficar com essa riqueza.

2ª mulher mais rica da Austrália vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões

Em dezembro, eles assinaram o compromisso de doação de Bill Gates, comprometendo-se a repassar TODA a sua fortuna para caridade. Isso pode acontecer de várias maneiras, incluindo a criação de suas próprias instituições de caridade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hoje, a missão de Melanie é eliminar a pobreza extrema. “Temos essa crença extremamente otimista de que há dinheiro, boa vontade e boas intenções suficientes no mundo para resolver a maioria dos problemas dele”, disse ela em uma carta de compromisso.

“Sentimos que não é apenas uma grande oportunidade, mas uma responsabilidade importante, e queremos passar nossa vida trabalhando para isso.”

“Quem precisa de todo esse dinheiro? Pessoalmente?”, questionou.

2ª mulher mais rica da Austrália vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para Cliff Obrecht e seu outro parceiro de negócios, Cameron Adams, Melanie é quem realmente comanda “o show”. “Ela é inequivocamente a chefe e cabeça criativa da empresa”, disse Adams.

Melanie e Cliff se conheceram na Universidade da Austrália Ocidental e, a certa altura, ganhavam dinheiro vendendo tatuagens em spray em feiras locais.

Antes de se conhecerem, ela era uma aspirante a patinadora artística, levantando-se para treinar às 4h30 todas as manhãs antes de frequentar o Colégio Sacred Heart.

Depois do horário escolar, ela vendia lenços feitos à mão em mercados e lojas locais.

A empreendedora estudou Comércio na universidade e ganhou dinheiro como tutora de outros estudantes em design gráfico.

2ª mulher mais rica da Austrália vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões

Ela teve a ideia de um negócio de design gráfico em 2005 e começou o precursor do Canva, um negócio de anuários da escola chamado Fusion, na sala de estar de sua mãe.

“Meu namorado se tornou meu cofundador e começamos na sala da minha mãe”, relembrou ela.

O casal lançou o Fusion com a ajuda de um empréstimo bancário de US$ 5.000 (pouco mais de R$ 25 mil), que usaram para anunciar online e enviar amostras de anuários para a escola.

Já o Canva começou em 2013. Eles compraram a URL “canva.com” por US$ 2.500 – e se mudaram para Sydney em 2014 para expandir o negócio.

Melanie trabalhou incansavelmente para encontrar investidores à medida que o Canva crescia, sendo recusada 100 vezes antes da empresa começar a se expandir.

2ª mulher mais rica da Austrália vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões

Com o sucesso do website, ela garantiu US$ 1,5 milhão em investimentos com Lars Rasmussen, cofundador do Google Maps, um de seus grandes investidores.

Um dos primeiros movimentos de negócios do casal foi convencer sua rede de fotógrafos a cobrar 25 centavos de dólar por venda de foto na biblioteca de imagens do Canva, tornando-as mais acessíveis. Assim, o baixo preço se compensava pelo alto número de vendas.

Obrecht conseguiu convencer os fotógrafos de que, quando o Canva crescesse, eles ganhariam muito mais porque as fotos seriam vendidas milhares ou milhões de vezes – o que realmente aconteceu.

2ª mulher mais rica da Austrália vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões

Os números mais recentes do Canva dizem que incríveis 8 bilhões de designs foram feitos usando a plataforma e 400 milhões de apresentações criadas.

A previsão é de que a empresa cresça para 4.000 funcionários este ano.

Para conhecer o Canva, basta clicar aqui!

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Fonte: Lad Bible
Fotos: Canva.com

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Fundadora do Canva vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões: 'Quem precisa de tanto?' 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,388SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

ONG coordenada por musa de escola de samba doa 300 cestas básicas a famílias afetadas pela não realização do carnaval

Brasileiro gosta (e muito) de carnaval! Mas brasileiro também gosta de solidariedade? Ah, isso ele ama viu! Esta semana, o projeto social "Vila, um...

Catadora vai à formatura carregando as latinhas que pagaram sua faculdade na Paraíba

“Eu tinha que ser alguém na vida, não ser só sucateira, mas ter um curso superior pra dar exemplo para as minhas filhas."

Sobrevivente da tragédia de Capitólio cria vaquinha para ajudar piloto de lancha a recuperar prejuízo

Duas semanas após a tragédia, uma atitude para inspirar e aquecer o coração. A fotógrafa Ana Martins da Costa, 49 anos, foi uma das sobreviventes...

Avó aprende alemão para conversar com neta: “amor sem distância”

Aprender um idioma estrangeiro pode ser uma ferramenta de enriquecimento cultural para alguns, ou um instrumento de qualificação profissional para outros. Em todo caso,...

Duracell ajuda vítimas da tempestade Sandy recarregando celulares

A Duracell está auxiliando as pessoas afetadas pelo furacão Sandy, em Nova Iorque, provendo uma nova fonte de energia, já que nem todas as vítimas da...

Instagram

Fundadora do Canva vai doar toda sua fortuna de R$ 85 bilhões: 'Quem precisa de tanto?' 3