Bióloga brasileira que salvou araras-azuis da extinção entra para o Hall da Fama da ONU

Em reconhecimento ao seu trabalho em prol da preservação das araras-azuis, a bióloga brasileira Neiva Guedes, 58, acaba de entrar para o seleto “hall da fama” da ONU Mulheres, uma entidade das Nações Unidas que se destina a promover a empoderamento da mulher e igualdade de gênero.

Já faz quase quarenta anos que Neiva estuda o comportamento da espécie, que é 100% brasileira. Seus estudos levaram ela a fundar o Instituto Arara Azul, fundação que desenvolve técnicas para a criação de ninhos artificiais em condições perfeitas para que essas aves se reproduzam.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neiva está concorrendo na categoria Cientista/Pesquisador(a), do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

 

Além de trazer uma conscientização muito necessária sobre a espécie, Neiva se diz orgulhosa em poder realizar as mudanças e ter o reconhecimento do trabalho.

bióloga brasileira salva arara-azul extinção hall fama onu

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Trabalho de conscientização

Para a bióloga, é fundamental abordar a preservação de espécies, principalmente para os mais jovens.

Seu trabalho de uma vida é voltado para a conscientização da população contra a caça ilegal da arara-azul, bem como sobre as mudanças climáticas ocasionadas pelo aquecimento global e o desmatamento em alta escala, dado que a ave se reproduz apenas quando encontram boas cavidades naturais nos troncos das árvores, algo cada vez mais raro, principalmente em áreas urbanizadas.

bióloga brasileira salva arara-azul extinção hall fama onu

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hall da Fama da ONU

Além de integrar o hall de grandes mulheres cientistas da ONU, a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres, Neiva também virou personagem de história em quadrinhos da Turma da Mônica, que é parceira da organização.

No último dia 11 de fevereiro, data que celebra o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência, Neiva foi homenageada com um “card” especial das Nações Unidas.

A bióloga nasceu em Ponta Porã (MS), é mestre em Ciências Florestais e doutora em Zoologia.

Além disso, atua como pesquisadora e professora do mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional da Uniderp e presidente do Instituto Arara Azul, que existe há 30 anos.

Muito orgulho, Neiva. Parabéns pelo trabalho extraordinário!

 

Neiva está concorrendo na categoria Cientista/Pesquisador(a), do Prêmio Razões Para Acreditar. Clique aqui e vote!

 

Fonte: The Greenest Post
Fotos: Arquivo pessoal / Divulgação

Relacionados

Agente de aeroporto paga passagens de casal surdo e filhos ao perceber que caíram em golpe

O agente de aeroporto da Azul, Raphael Cavaleiro, de 35 anos, foi um verdadeiro anjo para uma família do Mato Grosso do Sul. Após...

Mercado Livre lança projeto ‘Conectadas’, que leva tecnologia à jovens mulheres da América Latina

O Mercado Livre, um dos maiores sites de comércio eletrônico do mundo, anunciou recentemente o projeto "Conectadas", iniciativa que busca aproximar a tecnologia das...

+ DO CANAL

Com leveza, jovem cego que fez mochilão pelo mundo desmistifica sua deficiência visual na internet

Quem disse que cego e academia não combinam? Ou que cego não se aventura, não viaja? O jornalista Fernando Campos tem desmistificado mitos sobre...

De bike, professora leva educação a alunos da zona rural que não podem acompanhar aulas online

Sensível às dificuldades dos estudantes da zona rural de uma comunidade baiana em acompanhar as aulas virtuais devido à falta de acesso à internet,...

Com sensibilidade, menino convence irmã mais nova a calçar sapato que combina com seu vestido [VIDEO]

Uma pequena história, do nosso dia a dia, mas que nos fez refletir muito. Com sensibilidade e carinho, o pequeno André Pretti convenceu a...

Filho dá seu primeiro salário como streamer para mãe que sempre o apoiou [VIDEO]

Desde que saiu de casa com o sonho de se tornar um streamer profissional, Allyson Galdino prometeu para si mesmo que entregaria seu primeiro...

Mercado Livre lança projeto ‘Conectadas’, que leva tecnologia à jovens mulheres da América Latina

O Mercado Livre, um dos maiores sites de comércio eletrônico do mundo, anunciou recentemente o projeto "Conectadas", iniciativa que busca aproximar a tecnologia das...

Instagram