Bióloga brasileira ganha prêmio internacional por prevenção de atropelamento de animais em rodovias

A bióloga sul-mato-grossense Fernanda Abra dedica sua vida à Ecologia de Estradas há pelo menos uma década. Como profissional, seu objetivo é reduzir os atropelamentos e mortes de espécies de mamíferos brasileiros nas rodovias, principalmente a fauna pertencente ao estado do Mato Grosso do Sul.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fernanda atua com a ViaFAUNA, sua consultoria que desenvolve projetos de conservação como a INCAB/IPÊ – Iniciativa Nacional para a Conservação da Anta Brasileira, do Instituto de Pesquisas Ecológicas.

Neste ano, ela foi reconhecida por tudo que vem fazendo na área com o Prêmio Future for Nature Awards 2019, um dos prêmios de meio ambiente e preservação ambiental mais importantes do mundo.

A cerimônia é realizada anualmente pela ONG holandesa Future for Nature (FFN), que apoia jovens conservacionistas de natureza comprometidos com a preservação de espécies animais e vegetais no planeta.

O reconhecimento é generoso – é dado ao vencedor um prêmio de 50 mil euros (R$ 220 mil), uma recompensa que visa destacar o compromisso desses profissionais com o futuro da natureza. Segundo a FFN, “por meio de sua liderança, esses indivíduos inspiram e mobilizam comunidades, organizações, governos, investidores e o público em geral”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

bióloga ao lado de placa estrada

Proteção à fauna nativa

O prêmio em dinheiro deve ser obrigatoriamente aplicado à projetos de conservação que tenham a ver com o trabalho vencedor. Ocasionalmente, o projeto é vistoriado por uma rede internacional de conservacionistas para, quem sabe, obter novos financiamentos.

Um júri internacional escolheu oito finalistas e, em seguida, três vencedores, entre 125 inscritos. “Me sinto muito feliz em trabalhar pela conservação de espécies incríveis como a anta, o tamanduá-bandeira, o lobo-guará, a onça-pintada e outros canídeos e felídeos brasileiros, e ser orientada e apoiada por pesquisadores e conservacionistas tão respeitados”, conta Fernanda.

“Estou muito emocionada e honrada em receber o prêmio Future for Nature. Isso ajudará muito a expandir meus esforços e fazer a diferença na conservação da biodiversidade brasileira.”

bióloga segurando gambá atropelado rodovia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conhecimento profundo e parcerias

Em 2014, ao lado da bióloga Paula Prist, Fernanda criou a consultoria ambiental ViaFAUNA, que realiza o manejo da fauna silvestre em rodovias, ferrovias e aeroportos.

No ano seguinte, firmou uma parceria com Patrícia Médici, pesquisadora e coordenadora da INCAB. Juntas, atuam na mitigação dos impactos dos atropelamentos de anta nos biomas Pantanal e Cerrado no estado do Mato Grosso do Sul. Compilam informações sobre os atropelamentos desse mamífero na região e desenvolvem Planos de Mitigação para rodovias nos âmbitos estadual e federal.

Leia também:

Presidente do Grupo de Especialistas em Antas da IUCN/SSC, Patrícia foi uma das primeiras especialistas dessa espécie no Brasil e uma das primeiras vencedoras do prêmio Future for Nature, em 2008, fala com muito entusiasmo de Fernanda, destacando sua versatilidade:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ela desempenha um papel fundamental na conservação das espécies brasileiras de mamíferos, pois sabe medir a extensão do impacto dos atropelamentos e, mais importante, sabe como criar estratégias para a mitigação desses impactos.”

E acrescenta: “Fernanda realiza trabalhos de campo em condições adversas ao longo das estradas e também participa de reuniões técnicas e políticas com profissionais e autoridades de agências ambientais e de transporte. Ela é extremamente versátil e sabe manter essa ligação entre o mundo lá fora e as salas de reuniões”.

Bióloga brasileira é reconhecida com prêmio internacional de proteção à fauna nas rodovias

Com esse trabalho amplo – que envolve medidas de proteção preventiva, coleta e análise de dados, além de treinamento especial para motoristas e oficiais de trânsito -, Fernanda Abra ajuda a reduzir os acidentes que envolvem animais e veículos.

“O Brasil reúne todas as condições para ter rodovias mais sustentáveis, tanto para a fauna quanto para as pessoas. Não são poucas as estradas que apresentam alto padrão de engenharia, porém, são raras as que contemplam a fauna silvestre”, finaliza.

Fonte: Conexão Planeta/Fotos: Reprodução/Future for Nature

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,387SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Qual era o seu problema mesmo?

  E o que era impossível, hein?

Motorista de ônibus escolar faz toucas e cachecóis para seus pequenos passageiros

Toucas e cachecóis personalizados para seus pequenos passageiros.

Pai faz uma ilustração por dia nas embalagens de sanduíches dos filhos desde 2008

David LaFerriere está desde 2008 fazendo ilustrações diárias nos sacos de sanduíche que os filhos levam pra escola: “eles amam, e nada me faz mais feliz...

Cientistas canadenses descobrem a cura para a diabetes e testes em humanos serão iniciados em breve

Segundo a OMS, há 422 milhões de pessoas no mundo com diabetes. A doença pode trazer várias complicações se não for tratada e, até...

Leitãozinho aprende a andar com “cadeira-de-rodas”

Já mostramos aqui no Razões, uma cadelinha que voltou a andar graças a uma engenhoca feita por uma pessoa boa de coração, (não viu?...

Instagram

Bióloga brasileira ganha prêmio internacional por prevenção de atropelamento de animais em rodovias 1