Site icon Razões para Acreditar

Biólogo brasileiro recebe prêmio ‘Heróis do Meio Ambiente’ com projeto de proteção ao pirarucu

O biólogo brasileiro João Campos Silva começou o ano de 2021 trazendo um prêmio internacional para o Brasil. Ele criou um projeto para o manejo do peixe pirarucu, comum na região Amazônica, ajudando a salvar a espécie de extinção.

O prêmio “Heróis do Meio Ambiente” (Environmental Heros), é uma ação concedida pela CNN Internacional aos 50 ativistas ecológicos de maior destaque no mundo.

O projeto

João vive na Floresta Amazônica desde 2008 e vem estudando a preservação e o manejo do pirarucu há um bom tempo. O projeto desenvolvido por ele envolve toda a comunidade local que muitas vezes não entende a importância da conservação da espécie e o impedimento da pesca predatória.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele construiu diversas casas de madeiras perto de rios e lagoas onde vive o peixe, para que a pesca descontrolada não acontecesse nessas regiões.

Por causa do manejo do pirarucu, as comunidades rurais da Amazônia têm uma renda muito melhor hoje.

Com a iniciativa, João também promove a igualdade de gênero, pois pela primeira vez na região mulheres se beneficiam economicamente com a atividade pesqueira nessas áreas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O dinheiro que circula é direcionado a fazer melhorias nas comunidades ribeirinhas, construindo escolas e postos de saúde.

Salvar o peixe é, portanto, um antídoto para a pobreza”, disse João.

Apesar de o pirarucu ter recebido o maior destaque, pois estava em risco de extinção, o projeto do João também realiza o manejo e preservação de outras espécies, como jacarés, botos e tartarugas.

João é diretor do Instituto Juruá, Mestre em Ecologia pelo Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA) e Doutor em Ecologia, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), além de um Pós-Doutorado na Universidade de Ciências da Vida na Noruega. Atualmente é pesquisador pelo INPA e pela Universidade Federal de Alagoas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele já foi premiado outras vezes. Em 2018 recebeu o prêmio de Jovem Cientista do Governo brasileiro e em 2019, o prêmio Rolex de Conservação.

O prêmio ‘Heróis do Meio Ambiente’

Hoje o Instituto Juruá concentra ações Médio Rio Juruá no município de Carauari e adjacentes, como Itamarati e Eirunepé, estado do Amazonas. No total são mais de 900 mil hectares e 45 comunidades.

Só que João quer ir além. Ele conta que seu planejamento inclui chegar 2 mil quilômetros de abrangência do projeto trazendo esperança para a fauna e para a vida digna da comunidade em torno do rio.

O prêmio foi mais que merecido e o título de ‘herói’ é muito justo para João, que faz um trabalho tão maravilhoso e essencial para o nosso meio ambiente. Parabéns, João! Que venham muitos outros!

Fonte: CicloVivo