Biólogo indonésio cria sacola plástica solúvel em água

Kevin Kumala, biólogo de Bali, na Indonésia, criou a solução para um dos maiores problemas relacionados à poluição mundial: o pesquisador inventou uma sacola biodegradável feita de amido de mandioca. Para mostrar que o produto é “inofensivo para animais marinhos”, o inventor chegou a dissolver a sacola e a bebeu durante uma apresentação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia de criar o produto ecológico surgiu quando o cientista estava em um bar com um amigo e viu motociclistas usando capas de chuva. Ele pensou que aquelas capas seriam usadas poucas vezes e logo seriam descartadas, sem nunca se decompor. Junto com o amigo, Kumala passou a estudar bioplásticos e se inspirou em materiais à base de amido de milho e de soja. A sacola criada por ele é feita de mandioca, óleo vegetal e resinas orgânicas.

Leia também: Como uma tatuagem foi capaz de mudar a minha vida

Para comprovar que seu produto não deixava vestígios de resíduos tóxicos, o biólogo bebeu a sacola. “Queria mostrar que este bioplástico seria tão inofensivo para animais marinhos que um humano poderia beber”, disse Kumala em entrevista à CNN. “Sabia da segurança do produto, pois a sacola passou por um teste de toxicidade oral”.

O biólogo transformou sua ideia em negócio em 2014, ao criar a companhia Avani Eco. Hoje, a empresa vende sacolas e capas de chuva feitas de mandioca, além de outros produtos para restaurante como talheres e copos feitos de amido de milho, bagaço de cana de açúcar e à base de outras plantas. Veja a demonstração no vídeo abaixo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: PopTime/Twitter

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,823SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Causa da Educação, representada por Fernanda Gentil, é a grande vencedora da promoção Ganhou, Causou da Nestlé

Com mais de 2 milhões de produtos cadastrados, a causa apoiada por Fernanda Gentil foi a mais votada pelos consumidores participantes.

Empresária tem sempre um pedaço de bolo para moradores de rua que passam em sua loja

A Bolo Doce Bolo tem chamado atenção pela generosidade de sua dona.

Homem cria projeto de surf para crianças em comunidade violenta após ter melhor amigo morto por gangue

A dor ensina! Foi ela que levou o João Carlos, de 52 anos, a criar uma escola de surf em uma comunidade carente. Ele...

Ex-gata de rua vira ‘enfermeira’ em casa de repouso para idosos

“Não tenho certeza se Oreo precisava de nós, ou nós precisávamos de Oreo”

Loja de açaí dá descontos para clientes gentis, doa sementes de girassol e alimenta animais de rua

Ser gentil faz parte do pagamento na loja Imagine Açaí, em Fortaleza, no Ceará.

Instagram