Biólogo da Indonésia cria sacola de amido de mandioca que se dissolve na água

Se um dia você for a algum supermercado de Bali, na Indonésia, e lhe derem esta sacolinha, provavelmente você vai achar que é uma sacola de plástico como a que usamos no Brasil. Até descobrir que é uma sacola biodegradável, feita de amido de mandioca e que se dissolve na água.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A sacola não é tóxica e pode ser reciclada como papel, de acordo com uma matéria do Catraca Livre. Para provar que a sacola é especial, seu inventor, o biólogo Kevin Kumala, vire e mexe aparece em vídeos dissolvendo um pedaço da sacola em um copo de água morna – PRONTO PARA BEBÊ-LA EM SEGUIDA.

É isso aí: as sacolas dissolvem-se apenas em água morna. Você pode carregar suas compras debaixo da chuva tranquilamente. Elas não vão te deixar na mão no meio da rua. Cada sacolinha suporta até 3 kg e custa 1 real (ou 450 rupias indonésias).

sacola amido mandioca

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já na natureza, o produto, que é customizável, dissolve-se em questão de meses, ao contrário das sacolinhas tradicionais, feitas de produtos derivados do petróleo e que demoram centenas de anos para se decompor – tempo suficiente para poluir o meio ambiente com suas substâncias tóxicas. E a gente nem falou dos riscos que ela representa para os animais, como os peixes que ‘comem’ as sacolas nos oceanos e morrem sufocados.

sacola amido mandioca
As sacolinhas de amido de mandioca são customizáveis

Além das sacolinhas, a empresa Avani produz outros itens de primeira utilidade ecofriendly: talheres, copos e embalagens para comida, feitos com fibra de cana-de-açúcar ou madeira certificada, e que são vendidos para hotéis e restaurantes.

A novidade mais recente é uma tigela para salada, produzida com amido de milho, que é biodegradável e compostável.

sacola amido mandioca

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ilha mais procurada na Indonésia por turistas do mundo inteiro está mesmo disposta a combater o consumo de sacolas de plástico tóxicas e todos os problemas decorrentes dele. Duas jovens da ilha criaram o projeto Bye Bye Plastic Bags.

sacola plástico
Tchau sacolas de plástico!

Com iniciativas como a da Avani e das duas garotas, o governo local se prepara para acabar com as sacolinhas plásticas este ano.

crédito das fotos: divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,560,438SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe induz parto para que o marido com câncer terminal conheça a filha antes de morrer

Depois do parto, ele foi o primeiro a segurar a menina no colo.

Empresa capacita jovens para trabalhar com tecnologia e entrar no mercado

Todo mundo sabe que um lugar no mercado de trabalho passa necessariamente pelo domínio das novas tecnologias. A dificuldade é tornar esse conhecimento acessível...

Vídeo mostra o amor incondicional sendo praticado no meio da rua

O programa americano “O que você faria?” coloca as pessoas em situações difíceis para mostrar o que elas fariam. Em um dos episódios mostrava um...

Todo ano engenheiro reúne mais de 2 mil crianças carentes em casa para festa de Natal

O engenheiro civil Marcelo Almeida Lima, 60 anos, de Teresina (PI), há 40 anos, reúne em sua casa mais de 2 mil crianças carentes...

Jovem com Down cai no choro ao saber que conseguiu seu primeiro emprego

O primeiro emprego a gente nunca esquece. Como é maravilhosa a sensação de independência e de receber o primeiro salário. Para a jovem de...

Instagram