Bombeiro dá água a filhote de tatu em área devastada por incêndio no MT

As matas de uma fazenda entre os municípios de Nova Mutum e São José do Rio Claro, no Mato Grosso, foram atingidas por um forte incêndio, que queimou boa parte da vegetação. Fazendo o trabalho de perícia no local, um bombeiro foi visto dando água a um filhote de tatu que encontrou no caminho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vários filhotes foram encontrados vagando entre as cinzas.

O bombeiro que aparece na foto, tirada na última sexta-feira (16), é o sargento Pedro Ribas Alves. No momento do registro, ele pega o tatuzinho e o mantém em pé, para que este possa tomar água.

Ajude a construir um poço para uma aldeia no Acre

“Primeiro oferecemos água de uma mochila de hidratação e ele não tomou. Demos um banho nele e depois usamos um copo. Ele aceitou e começou a tomar água”, contou o capitão Eraldo Moura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bombeiro fornece água a filhote de tatu em floresta devastada por incêndio no MT

Segundo os bombeiros, os tatus foram um dos poucos animais vistos em uma área de 766 hectares devastada por um incêndio na semana passada.

Leia também: 

“Essa área foi devastada. Um fio de cabo de alta-tensão caiu no pasto e pegou fogo em toda a área. Agora, o gado está sem pasto e é alimentado por ração”, explicou o capitão.

Sensibilidade

Eraldo conta que os bombeiros ficaram sensibilizados ao verem o filhote de tatu correndo pela área devastada, procurando alimento e refúgio. “Não fizemos isso para aparecer, foi uma questão de humanidade”, resumiu o militar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ajude a construir um poço para uma aldeia no Acre

Após hidratarem o filhote, se ‘despediram’, e enquanto iam embora, viram que outros filhotes de tatu também estavam perto do local onde os primeiros apareceram.

Bombeiro fornece água a filhote de tatu em floresta devastada por incêndio no MT

“A forma do tatu se esconder é se enfiar na terra. Dependendo do incêndio, ele acaba morrendo. Encontramos pássaros queimados e outros animais que não conseguiram fugir”, lembrou o capitão. A equipe fará um laudo que ajudará a identificar as causas do incêndio onde os tatus foram vistos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: SNB/Fotos: Corpo de Bombeiros de Mato Grosso/Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Saiba como preparar solução diluída de água sanitária que mata o coronavírus

A diluição de uma pequena quantidade de água sanitária em água potável elimina o novo coronavírus (Covid-19) de qualquer superfície contaminada. Quem explica é Jorge...

Idosa de 93 anos é poeta e dá conselhos preciosos sobre a vida

Lúcida, feliz, poeta e apaixonada pela vida. É assim que Esther Camurça, nascida em 1920, se descreve. Aos 93 anos ela ainda escreve poemas...

Jovem de 14 anos usa peças de sucata e cria um moinho de vento para levar energia para seu povoado

William Kamkwamba hoje tem mais de 20 anos, mas seus feitos começaram quando ele ainda tinha 14 no Maláui, no sudoeste da África. Em...

Congresso aprova tratamento obrigatório para lábio leporino no SUS

A Câmara dos Deputados, por meio da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania), aprovou em caráter terminativo o Projeto de Lei 1172/15, que obriga...

Campanha transforma desenhos de crianças em brinquedos reais que ajudam outras crianças necessitadas

A varejista IKEA acaba de dar às crianças de todo o mundo a oportunidade de ajudar outras crianças com necessidades. Para a campanha "Soft Toys for Education", reuniram milhares de...

Instagram

Bombeiro dá água a filhote de tatu em área devastada por incêndio no MT 1