Bombeiro que conversou em Libras com vítima de acidente pinta casa com alfabeto de sinais

Se ser bombeiro já é algo louvável, já que esta é uma profissão movida pelo desejo de salvar vidas, o brasileiro Walker Souza é um exemplo ainda maior de empatia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O bombeiro trabalha em Franca, interior de São Paulo, e ganhou repercussão nas redes sociais no início deste ano, quando graças ao seu conhecimento em Libras, conseguiu resgatar um surdo que se feriu em um acidente da Rodovia Anhanguera.

Hoje, sabendo da importância do aprendizado da Língua Brasileira de Sinais (Libras), ele decidiu pintar o muro de sua casa com o alfabeto de sinais.

bombeiro libras 3
Foto: reprodução/EPTV

A Língua Brasileira de Sinais é essencial para que os deficientes auditivos sejam integrados à sociedade e foi graças a este soldado, que a vítima do acidente conseguiu se salvar, já que Walker evitou que o rapaz recebesse uma medicação da qual é alérgico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

bombeiro libras 2
Foto: reprodução/EPTV

Na época, a publicação do Corpo de Bombeiros da PMESP viralizou e inspirou muitos brasileiros.“Eu acho que hoje em dia está faltando amor e quando as pessoas passam aqui direto batem na porta de casa para perguntar se eu dou aula de libras. Eu indico o lugar que eu faço curso e falo que se a pessoa quiser vir aqui a gente divide conhecimento”, explica Walker depois de ter escolhido a frase “eu te amo” para ocupar o centro do muro.

Comunicação é tudo

Walker relembra que, no dia do acidente, além da vítima estar machucada e com dor, ele estava bastante agitado pelo fato de ninguém compreendê-lo.

Imagina a situação: você está no meio da estrada, tem um acidente, precisa de ajuda e não consegue se comunicar com ninguém! Walker foi muito mais do que um bombeiro, mas um verdadeiro anjo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando a gente gente chegou e eu pude me comunicar com ele, parece que o cenário se transformou. Ele ficou atento a tudo que eu falava, me passou todas as informações necessárias, nós conseguimos estabilizar ele e transportar até o hospital”, relembra Walker.

Sabendo da importância da comunicação, o bombeiro decidiu pintar o muro de sua casa com o alfabeto em Libras. No entanto, além disto, ele também propõe um desafio às crianças: “A criança que eu vejo que mostrou interesse eu chamo e proponho um desafio. Se ela fizer o nome dela em libras ela ganha um alfabeto e um brinquedo”, explica. Que exemplo de profissional!

bombeiro libras 1
Foto: reprodução/EPTV

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Librasol

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Bombeiro que conversou em Libras com vítima de acidente pinta casa com alfabeto de sinais 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,977,244SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Montadas para o Bem: grupo de drag queens doa mais de mil peças para moradores de rua

Em Brasília, um grupo de drag queens resolveu ir às ruas ajudar sem-tetos neste inverno rigoroso. Carrie Myers, Pikineia Minaj, Mary Gambiarra, Laurie Bluee e...

Pizzaria surpreende e manda borda de pizza para menino autista que não come recheio

O pequeno João Guilherme, de 9 anos, é apaixonado por pizza! Só que ele só come as bordas, principalmente quando estão muito bem recheadas...

Garçom devolve R$ 8 mil perdidos por cliente e ganha homenagens de colegas de trabalho, em Teresina

A honestidade de Yuri Darlan é coisa rara hoje em dia. Ele é garçom e encontrou um envelope com R$ 8 mil que foi...

Instituto inclui pessoas com deficiência no mercado de trabalho usando metodologia pouco difundida no Brasil

São muitos os desafios enfrentados por pessoas portadoras de algum tipo de deficiência para se inserirem no mercado de trabalho, mesmo com a existência...

Iniciativa “Fair Button” identifica roupas que são fabricadas sem o uso de mão de obra infantil

Segundo dados da Organização das Nações Unidas, cerca de 250 milhões de crianças são utilizadas em trabalho semi-escravo ou análogo à escravidão. Em outras...

Instagram

Bombeiro que conversou em Libras com vítima de acidente pinta casa com alfabeto de sinais 3