Borracheiro usa parede de oficina para estudar enquanto trabalha e sonha concluir a faculdade

O borracheiro e estudante de Educação Física, Vladimir Brito, 34 anos, não viu outra alternativa para conciliar o trabalho e a faculdade: para estudar enquanto trabalha na sua borracharia, ele escreve os resumos das aulas na parede da oficina em Teresina (PI).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Criamos uma vaquinha para dar uma força aos estudos dele. Vladimir se forma no final do ano, e quer muito um um notebook e livros para ajudar nos estudos, além de quitar as mensalidades do curso. Vamos ajudá-lo? Clique e faça uma contribuição!

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

Vaquinha vai alavancar os estudos de Vladimir

O curso todo que é à distância, foi feito pelo celular velhinho que ele tem. Com uma bolsa de 70% na Aespi (Associação de Ensino Superior do Piauí), estágio não-remunerado, casa para sustentar e pai doente, a vaquinha vai auxiliá-lo a desafogar de tantas dívidas e responsabilidades.

Ao todo, precisamos de R$ 13 mil para a compra de um notebook, livros (que totalizam mais de mil reais) e o pagamento das mensalidades (R$ 270 mensais). De pouquinho em pouquinho vamos juntos bater a meta! Faça uma doação agora clicando aqui. Aceitamos Pix, sem valor mínimo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

Computador faz muita falta

Com a repercussão de sua história, ele ganhou vários cursos: Fisiologia Vascular, Bioquímica, Hormônios e metabolismo, curso de extensão na área clínica. Mas, infelizmente, ainda não começou a fazer nenhum, pela falta do computador.

Além disso, até conseguir se formar e ter sua carreira, ele quer investir na sua borracharia que tanto sustentou seus estudos.

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Então, a vaquinha também é para a compra de uma máquina (desmontadora) que facilitará seu atendimento, sobrando até mais tempo para estudar. Faça uma doação clicando aqui!

“Com a máquina eu não vou sujar tanto as mãos e poderei pegar nos livros para estudar, nos momentos que não estiver trabalhando”, disse.

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

Vamos dar essa força para o Vladmir conseguir se formar? Clique aqui e acesse o orçamento dos livros, computador e da desmontadora.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o pai doente, Vladimir sustenta a casa

Vladimir trabalha desde os 12 anos. Inclusive, aprendeu tudo sobre borracharia quando ainda era pequeno e gostava de acompanhar o trabalho de uma borracharia que ficava ao lado da loja de pré-moldados do pai.

Mas, após seu pai sofrer um ataque cardíaco em 2009, ele se viu na responsabilidade de cuidar da casa. Hoje, ganhando R$ 1500 por mês e pagando um aluguel de R$ 400, ele mora com o pai, sua noiva Maria, 36 anos, que está grávida de 6 meses, irmã, cunhado e um sobrinho de 3 anos.

Voltou a estudar e prestou Enem

Quando o pai ficou doente, Vladimir, que tinha 18 anos, teve que parar de estudar, pois de dia trabalhava muito e passava a noite cuidando do pai.

Mas com o incentivo dos amigos, em 2017 concluiu o ensino médio com o Enem.

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

Como passou muito tempo sem estudar, tudo na faculdade parecia muito difícil de acompanhar. Foi então que um professor o ensinou o método de mapa mental, onde usa-se palavras chaves do conteúdo que o ajudam a memorizar a matéria.

“Eu percebi que usando o caderno assustava um pouco os clientes, que chegavam, me olhavam estudando e diziam que não queriam atrapalhar, voltariam depois. Por isso, comecei a usar as paredes, que além de não afugentar os clientes, consigo estar sempre olhando para elas e para a matéria”.

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

Vladimir se forma no final deste ano de 2021.

“Quando me formar, pretendo manter as duas profissões. Quero honrar todos os meus clientes, sem eles não existiria faculdade e, quero ajudar as pessoas através da educação física”, afirmou.

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

Esforço reconhecido por personal trainer da cidade

A história do Vladimir chegou até o empresário e personal trainer Marcelo Bezerra, que fez questão de ir pessoalmente conhecê-lo e se propôs a dar um estágio para ele. Semana que vem ele já começa o treinamento e está super animado!

“Vladimir é um exemplo […] não leva em consideração o meio em que está: ele faz de cada instante uma oportunidade. Tem como não admirar um cara desse?! 🤗”, disse Marcelo.

Clique aqui e acesse o site da vaquinha do Vladimir.

vaquinha voaa borracheiro estuda parede oficina Piauí

Fotos: VOAA

Borracheiro usa parede de oficina para estudar enquanto trabalha e sonha concluir a faculdade 2

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,848SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vídeo foca na cura, e não na doença, em vídeo sobre câncer de mama

O que diferencia o choro de  alívio e felicidade, do choro de medo, tristeza e desespero? São os detalhes, o esboço de um sorriso em meio às...

Jovem que estava paralisada faz surpresa para enfermeira que a cuidou

Uma garota que ficou paralisada da cintura para baixo durante o período de 11 dias, fez uma surpresa e tanto para sua enfermeira favorita,...

Lição de honestidade: 115 clientes retornam à restaurante para pagar conta após apagão em SC

Olha só que bela lição de honestidade para ajudar você a restaurar sua fé na humanidade. 😉 Na noite de quarta-feira (8), o restaurante Norden,...

Aos 93 anos, senhora vai para a África trabalhar como voluntária

Nunca é tarde para a gente realizar nossos sonhos, fazer o bem e promover uma mudança, na nossa ou na vida dos outros e...

Cachorro com rosto desfigurado pela própria mãe ganha um lar e vira “cão terapeuta”

Brodie sofreu um ataque da própria mãe quando ele tinha apenas 13 dias de vida. Isso deixou algumas sequelas físicas, como o crânio e...

Instagram

Borracheiro usa parede de oficina para estudar enquanto trabalha e sonha concluir a faculdade 3