Borracheiro se inspira em Minecraft para estudar programação e é contratado por multinacional

Samuel Nascimento renasceu com a nova estrada que se formou à sua frente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Do trabalho como borracheiro em Osasco (SP), o jovem virou desenvolvedor de programação Java na MaxMilhas, uma grande empresa nacional. Mas a chave (de roda) para a mudança não foi tão simples.

Posso dizer que nós que nascemos nessa realidade temos que esquecer toda aquelas falas enraizadas como ‘pobre nunca vai ter nada’ ou ‘o dinheiro corrompe o homem’ e tentar sempre andar pelo correto e fazer sua parte, que cedo ou tarde e com determinação, dia após dia, os resultados chegarão“, disse o rapaz.

Jovem de camisa amarela trabalhando em borracharia
Samuel pegava no pesado na borracharia. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Samuel é baiano, mas cresceu em Sampa com o irmão e a mãe, que sofre de transtornos psíquicos (esquizofrenia). Para sustentar a casa, os irmãos montaram a borracharia, que já funcionava há quatro anos. “Era bem tranquilo depois que acostumei, pois é um trabalho mecânico, chega um ponto em que você não pensa mais pra fazer as coisas“, relembra.

Homem entre pneus em borracharia
Samuel trabalhava com o irmão na borracharia há 4 anos. Foto: Arquivo Pessoal

Jovem borracheiro sorrindo em selfie dentro de borracharia com irmão no segundo plano da foto
Foto: Arquivo pessoal

O garoto começou a se apaixonar pela programação e por tecnologia com um jogo chamado Minecraft, no qual desenvolvia plugins simples. “Eu sempre me interessei por tecnologia, é algo que me fascina desde que me entendo por gente“, disse.

A plataforma de vaquinhas VOAA está realizando uma campanha para ajudar um jovem que foi preso injustamente, o produtor cultural Gugu. Clique e contribua!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No ano passado, o jovem conheceu um amigo que lhe apresentou um curso de programação em Java e ele passou meses estudando à noite, depois que saía do trabalho na borracharia.

A história de Samuel é como a do borracheiro que estudava nas horas vagas escrevendo nas paredes da borracharia.

Com o curso concluído, fez uma seleção no MaxMilhas e passou. Hoje o ex-borracheiro segue resolvendo problemas do dia a dia das pessoas, mas em outra função: na tecnologia.

Homens fazendo selfie em meio a pneus em borracharia e imagem de computadores
Samuel conheceu um amigo, que o ajudou a ingressar no mundo da programação e no mercado de trabalho. Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Minha meta/sonho é morar fora e ter uma casa bem grande“, disse. E quem duvida que ele vai conseguir? Só pra constar, essa reportagem foi escrita por alguém que trabalhou na borracharia do pai na adolescência. Tamo junto, Samuel!

Veja também:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,241,492SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desempregado faz vídeos bem humorados no TikTok para sustentar a família e faz sucesso

Fábio Geraldo, de 34 anos, está desempregado em Ji-Paraná (RO) e viu sua renda completamente comprometida com a pandemia, já que fazia bicos como...

“Anjo de Manchester” salva crianças após atentado durante o show de Ariana Grande em Manchester

Na noite desta segunda-feira (22), um atentado ocorreu no final do show da artista norte-americana Ariana Grande, no pavilhão Manchester Arena, em Manchester, cidade da Inglaterra. Segundo...

Brasil terá primeira usina que gera energia por meio de esgoto e lixo no Paraná

Após alguns anos de estudos de viabilidade, o Brasil receberá a construção da primeira estação de geração de energia através de resíduos indesejáveis. Lixo e...

Com vaquinha, ex-sem teto que alimenta moradores em situação de rua evitará falência do seu restaurante

Gabriel tem 33 anos e tudo o que ele viveu, o fez querer alimentar moradores de rua em São Paulo. O chef é do Rio...

Mulher mergulha de roupa no mar gelado para salvar cachorro que estava se afogando

Se afogar deve ser uma das piores sensações que existem na vida, não é mesmo? O que você faria se visse alguém se afogando?...

Instagram