De gandula a campeão brasileiro: como o boxe mudou a vida de Patrick Lourenço

O esporte sempre esteve presente na vida de Patrick Chagas Valério Lourenço, 26 anos. Começou jogando futebol em uma escolinha do Morro do Vidigal. Depois, virou gandula de tênis do Clube Caiçaras, tradicional no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas após conhecer o Instituto Todos na Luta, ele passou a se dedicar ao boxe, virou atleta de alto rendimento, entrou para o Exército, sagrou-se campeão brasileiro, vice-campeão mundial, e, hoje, estuda para ser professor de Educação Física.

Patrick tinha 13 anos quando recebeu de um amigo o convite para entrar no Todos na Luta. Ele foi criado pela mãe e a avó: as dificuldades eram muitas!

“Trabalhei pegando bolinhas de tênis no Clube Caiçaras para ajudar em casa. Não era fácil, mas ajudava com o pouco que ganhava. Minha mãe tentava ajudar de alguma forma, arrumar um tênis para eu treinar, eu ia e voltava a pé, mas foi difícil”, relembra.

Patrick começou a se destacar nos treinos e logo passou a disputar competições importantes. O jovem se tornaria uma das promessas do boxe, conquistando um vice-campeonato mundial, em 2014, na sua categoria, até 52 kg, além de quatro títulos brasileiros na modalidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jovem pesando torneio boxe
Patrick foi vice-campeão mundial, em 2014, e também é tetracampeão brasileiro. Foto: Arquivo pessoal

O esporte proporcionou a Patrick a oportunidade de conhecer mais de 20 países, e graças ao seu rendimento e aos resultados conquistados, foi selecionado para entrar para o Exército, onde hoje é 3º Sargento. “O projeto me fez enxergar que o mundo pode ser mais que a vida na favela, e que através do esporte eu poderia ser reconhecido e bem-sucedido na vida. Me transformei não só em um bom atleta, mas sim um ótimo cidadão”, avaliou.

sargento exército
Patrick é 3º Sargento no Exército e também faz faculdade de Educação Física. Foto: Arquivo pessoal

Além da carreira militar, Patrick faz faculdade de Educação Física. “Amo o que faço, mas penso em estudar e ter meu espaço para passar para outras pessoas as coisas que aprendi no esporte”, relata.

Todos na Luta já impactou vida de centenas de jovens

O Todos na Luta leva boxe de graça para moradores das comunidades do Vidigal e da Rocinha. A iniciativa é do professor Raff Giglio, que desde os anos 90 recebe em sua academia jovens em situação de vulnerabilidade social. A entidade, no entanto, foi fundada em 2010 e é apadrinhada pelo ator Malvino Salvador, que custeia aluguel e dá outras contribuições para o projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ganhou, Causou”

Vocês viram como a história do Patrick é marcante, né?! Seria maravilhoso que outros jovens tivessem a oportunidade de superar seus problemas e dificuldades por meio do esporte. Podemos possibilitar isso! O Todos na Luta é um dos projetos participantes da campanha “Causou, Ganhou”, da Nestlé, que vai apoiar financeiramente três causas!

O Todos na Luta representa a causa do esporte; a ONG Caslu, criada pela jornalista e apresentadora Fernanda Gentil, também no Rio de Janeiro, a causa da educação; e o projeto Pracatum, do músico Carlinhos Brown, atuante em Salvador, representa a causa da arte.

promoção ganhou causou nestlé
As três causas vão dividir o prêmio de 1 milhão. Foto: Divulgação

A campanha funciona assim: você escolhe a causa da sua preferência e cadastra um produto Nestlé. Cada produto cadastrado equivale a um voto. O prêmio final de R$ 1 milhão será distribuído entre as causas, conforme o ranking de votação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Participando da campanha, o consumidor também concorre a 1.250 prêmios instantâneos de R$ 400 e um prêmio final de R$ 1 milhão.

A maioria das marcas da Nestlé participam da promoção, como Kit Kat, Nescau, Ninho, Leite Moça, Chocolates Nestlé e Nescafé.

Como eu participo? Compre um produto Nestlé, guarde o comprovante fiscal eletrônico, e depois é só cadastrar o cupom fiscal pelo site da promoção ou pelo WhatsApp (11) 99597-5946. E já sabe: quanto mais produtos cadastrados, mais você estará ajudando sua causa favorita. A promoção encerra no dia 11 de novembro. Participe!

 

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,849,393SeguidoresSeguir
24,900SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudante se torna primeiro surdo a defender tese de doutorado na UFPE

O estudante Marcelo Amorim é o primeiro aluno surdo na história da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) a defender uma tese de doutorado e...

Cruz Vermelha já retirou mais de 3 mil civis do conflito de Alepo, na Síria

A Cruz Vermelha realizou a retirada de 3 mil pessoas do conflito no leste de Aleppo, nesta quinta-feira (15). São cerca de 3 mil civis...

Parece uma princesa, mas surpreendeu os júris do America’s Got Talent cantando metal!

Aaralyn de seis anos parece uma pequena princesa vestida de preto, branco e rosa, no entanto, conseguiu surpreender o júri do America’s Got Talent...

Após ataques racistas, menino que ama livros ganha reforma de casa e bolsa de estudos

Eu amo uma reviravolta dessas, bicho! Tá acontecendo muita coisa boa na vida do menino Adriel, que sofreu ataques racistas desprezíveis na semana passada. Adriel,...

Pai transforma lençóis em jogos de tabuleiro para animar crianças de hospital

O empresário Kevin Gatlin teve uma ideia simples e criativa para animar as crianças internadas de um hospital infantil na Carolina do Norte, EUA. Ele,...

Instagram

De gandula a campeão brasileiro: como o boxe mudou a vida de Patrick Lourenço 3