Brasileira ajuda bebês de pais refugiados com cangurus

A brasileira Anelise Amaral vive em Dublin, Irlanda, há oito anos. A imagem do menino sírio morto na praia de Bodrum, Turquia, despertou nela o desejo de ajudar os pais refugiados que tentam chegar à Europa com seus filhos em segurança.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Anelise produz cangurus de pano que envolvem o criança e a deixa atada ao corpo dos pais, oferecendo conforto e segurança para os dois.

Ela criou uma campanha no Facebook para doar 10% das vendas dos cangurus para uma instituição que estava cuidando das famílias de refugiados recém-chegados à ilha grega de Cós. Mais de 100 cangurus foram arrecadados!

No início do mês, Anelise e outros voluntários embaraçaram para a Grécia para ensinar os refugiados como se usa os cangurus e oferecer toda a ajuda necessária no local.

Brasileira ajuda bebês de pais refugiados com cangurus 2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Brasileira ajuda bebês de pais refugiados com cangurus 3

via [PODIRLANDA]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Tutora de cão tetraplégico faz de tudo para o bichinho ter uma vida feliz

O cãozinho retribui o amor que recebe com um sorriso que transborda felicidade.

Aos 28 anos, ela é 1ª com síndrome de Down a se formar em universidade do Acre

História sendo feita! Rayssa Braga de Menezes, 28 anos, se tornou a primeira pessoa com síndrome de Down a conquistar um diploma na Universidade...

Para esta professora veterana, toda criança merece um adulto que nunca vai desistir deles

Rita F. Pierson, professora há 40 anos, uma vez ouviu um colega dizer: "Eles não me pagam a gostar das crianças." Sua resposta: "As...

Modelo baiano que vendia salgadinhos para ajudar a mãe é o novo rosto da Hugo Boss

Antes de ingressar na carreira de modelo, em 2016, Gabriel Pitta, 21 anos, vendia salgados, doces, pães e bolos para eventos e festas infantis...

Estudante une saberes de quilombo e da universidade para triplicar produção de milho da família

Unindo os conhecimentos adquiridos na faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) com os costumes da comunidade quilombola São Pedro Alagadiço,...

Instagram

Brasileira ajuda bebês de pais refugiados com cangurus 4