Aos 92 anos, brasileira recebeu o principal prêmio de agricultura orgânica mundial

A engenheira agrônoma Ana Primavesi, atualmente com 97 anos, luta pela saúde de nossos solos há 72 anos. Enquanto a maioria de nós nem existia, ela já se preocupava em que mundo deixaria de legado para a humanidade. E como reconhecimento por todo seu esforço, ela foi a primeira brasileira a receber o One World Award, o principal título de agricultura orgânica mundial em 2012.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O prêmio, conferido pela International Federation of Organic Agriculture Movements (Ifoam), honra ativistas que impactaram positivamente a vida de produtores rurais, sobretudo os mais desfavorecidos, com seus trabalhos.

Mais que merecido, afinal, ela é uma das pioneiras do movimento orgânico no Brasil e, segundo os organizadores do prêmio, a austríaca naturalizada brasileira impulsionou os movimentos agroecológicos não só no Brasil, como na América Latina, contribuindo para moldar um paradigma alternativo à agricultura industrial.

“O segredo da vida é o solo, porque do solo dependem as plantas, a água, o clima e nossa vida. Tudo está interligado. Não existe ser humano sadio se o solo não for sadio e as plantas, nutridas”, disse em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Ana dedicou sua vida a ensinar como é possível aliar a produção de alimentos à conservação do meio ambiente, nunca se esquecendo do pequeno produtor e das suas necessidades.

Quer se familiarizar um pouco mais com o trabalho desta agrônoma? Pode ler o livro Manejo Ecológico do Solo escrito por ela e considerado uma das bíblias da produção orgânica e leitura obrigatória nas faculdades de Agronomia do país.

Ou, assistir o documentário O Veneno Está Na Mesa, com falas de Eduardo Galeano, que você confere na íntegra abaixo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Boas Novas

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

985,324FãsCurtir
1,735,582SeguidoresSeguir
8,546SeguidoresSeguir
11,100InscritosInscrever

+ Lidas

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Neto faz “antes e depois” e homenageia avó em seu aniversário de 99 anos

A homenagem de um neto para sua avó no dia do seu aniversário de 99 anos comoveu as redes sociais nesta quinta-feira (13). Iury Neto,...

Instagram