Brasileiro que faz a diferença em comunidades carentes ganha importante prêmio de inovação

Uma ótima notícia para o Brasil! Para fechar o ano com chave de ouro! O brasileiro, Rodrigo Rubido Alonso, ganhou no último dia 29 de novembro, na famosa Universidade Columbia, nos Estados Unidos, um prêmio importantíssimo de inovação, o Eliasson Global Leadership. O prêmio, que é entregue pela fundação Tallberg, em homenagem às pessoas que promovem a  inovação social, já foi entregue para pessoas como Bill Gates e Kofi Annan (ex-secretário geral da ONU).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rodrigo mora na cidade de Santos, litoral de São Paulo e foi escolhido devido a sua dedicação à liderança participativa, mobilização e construção de comunidades. Ele, que é arquiteto, é diretor-executivo e cofundador do Instituto Elos, uma importante organização sediada em Santos, que promove iniciativas em estratégias de transformação social, em favelas, escolas e bairros. Exemplificando: o instituto promove um diálogo entre as pessoas da comunidade para depois construir algo para a sociedade local, como uma praça por exemplo. Seu trabalho é de extrema relevância e tem feito muito para comunidades carentes do mundo todo.

Só para você ter uma ideia da importância e da seriedade desta premiação: só concorrem pessoas indicadas pela sociedade e não é possível saber de quem foi essa indicação. O júri é composto por dez pessoas, entre políticos, empresários, cientistas, refugiados e curadores de arte.

O Instituto Elos foi fundado em 2000 e desenvolve trabalhos em 49 países, em mais de 400 comunidade. Conhecidos como “Guerreiros sem Armas”, estima-se que o instituto já ajudou mais de 250 mil pessoas no mundo todo!

Com informações de Uol

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: divulgação Instituto Elos

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,609SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Enfermeira adota bebê prematura que nunca foi visitada em hospital

Nascida prematura, com apenas 29 semanas (7 meses), pesando apenas 500 gramas e sofrendo com a síndrome de abstinência neonatal - ocorrida quando um bebê...

Empresa argentina utiliza pneus como matéria prima e só emprega mães solo

Algumas empresas são criadas para fazer a diferença no mundo, como é o caso da Xinca, criada em 2013 por três argentinos: Ezequiel Gatti...

Garoto de 2 anos escuta a voz de sua mãe pela primeira vez

Imagina você ouvir o som, a voz, os ruídos pela primeira vez? Esse garoto teve a sensação após fazer um implante, e a primeira...

Jovem LGBT doa tapiocas para quem não pode pagar: “importante espalhar esperança”

Conversamos com a Pauleteh, a jovem LGBT de São Sebastião, litoral norte de São Paulo,  que há um mês lançou uma campanha para alimentar...

Desconhecido ajuda idosa a comprar toca-fitas para escutar as músicas de Roberto Carlos

Se você tem 30 e poucos anos com certeza sabe o que é um toca-fitas, aquele aparelho que a gente usava para escutar músicas...

Instagram

Brasileiro que faz a diferença em comunidades carentes ganha importante prêmio de inovação 3